Contra Covid-19, Santos higieniza ruas suficiente para ir até Manaus

Mais de 4,1 mil quilômetros de ruas santistas receberam ações de limpeza contra o novo coronavírus, desde o começo dos trabalhos em 23 de março

Mais de 4,1 mil quilômetros de vias públicas santistas já recebem as ações de higienização de combate ao novo coronavírus, informa a administração municipal. A extensão total dos trabalhos equivale a distância que separa a cidade de Manaus, capital do Estado do Amazonas. E daria o suficiente para ida e volta de Salvador, na Bahia, que fica a 2.046 quilômetros do marco zero de Santos.

De acordo com a prefeitura, a marca foi registada nesta semana, quase cinco meses após o início dos trabalhos, que são datados de 23 de março. A limpeza é feita com água, detergente e desinfetante à base de amônia quaternária, aplicados a partir de caminhões hidrojato ou pipa.

Nesta terça (11) e quarta-feira (12), o mutirão se concentra nos bairros Macuco e Areia Branca, em locais de grande circulação de pessoas, bem como os que estão próximos a pontos de ônibus e unidades de saúde.

“Quanto mais pessoas circulando nas ruas, mais intensificado tem que ser o trabalho de desinfecção, como forma de diminuir a propagação do vírus e, consequentemente, o contágio da Covid-19”, destaca Marco Aurélio Silva, engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Seserp).

Na quinta (13), os trabalhos iniciam no Morro do Saboó. A limpeza é realizada com recorrência e há bairros que já passaram por até seis lavagens. Seis equipes da empresa contratada Terracom atuam no serviço: três durante o dia e três à noite. Os trabalhos, supervisionados pela Secretaria de Serviços Públicos (Seserp), tornaram-se ainda mais importantes após a flexibilização do distanciamento social.  

Tudo sobre: