Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Comerciantes protestam em frente a casa do prefeito de Santos; VÍDEO

Categoria se indigna com o fechamento dos comércios durante a fase vermelha

Por: Por A Tribuna.com.br  -  06/03/21  -  16:30
Atualizado em 06/03/21 - 17:20

Comerciantes de Santos realizam um protesto contra o fechamento do comércio, imposta pela fase vermelha do plano São Paulo, no começo da tarde deste sábado (6). 


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços! 


A manifestação foi marcada em frente ao prédio em que o Prefeito Rogério Santos mora, localizado na Avenida Rei Alberto I.


Comerciantes iniciaram o protesto na Avenida Rei Alberto I.
Comerciantes iniciaram o protesto na Avenida Rei Alberto I.   Foto: Alexander Ferraz/AT

A categoria decidiu protestar, pois alega que a prefeitura tem apresentado incoerências na forma de lidar com a pandemia. Os comerciantes fizeram o uso de cartazes, buzinas e nariz de palhaço. 


"Ônibus estão lotados, temos operação descida todo feriado, hospital campanha fechado, leitos  fechados, recebemos hospitalizados de cidades do ABC, mas de quem é a culpa? Bares, restaurantes e academias", diz o comerciante Arthur Veloso.


Por volta das 13h, os manifestantes iniciaram uma caminhada pela Avenida Saldanha da Gama, perto da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, sentido balsa. 


Na fase vermelha, iniciada neste sábado (6), apenas os comércios considerados essências podem abrir. Dentre eles estão: farmácias, mercados, padarias, postos de combustíveis, pet shops, hotéis, lavanderias e açougues. Além disso, o ensino híbrido em escolas vai continuar.  


Além das recomendações, a cidade também terá restrições nas praias. Não será permitido a presença de ambulantes, além de estar proibida a instalação de cadeiras e guarda-sóis, além da prática de esportes coletivos.


Logo A Tribuna