EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Câmara cobra auxílio para pequenos comerciantes e ambulantes de Santos

Vereador Fabrício Cardoso (Podemos) enviou requerimentos pedindo auxílio da prefeitura

A Câmara Municipal de Santos encaminhou duas propostas à prefeitura questionando a falta de medidas da administração para auxiliar pequenos comerciantes, permissionários e ambulantes do município, que estão impossibilitados de trabalhar devido a pandemia do novo coronavírus. A cidade aguarda o reposicionamento da região para zona laranja, podendo flexibilizar alguns setores comerciais.

Os requerimentos, de autoria do vereador Fabrício Cardoso (Podemos), solicita estudos para que os ambulantes, que vendem produtos que são comercializados em feiras livres, seguindo orientações e recomendações de segurança e distanciamento possam trabalhar.

Na proposta, o vereador fez a solicitação para que os quiosques da orla de Santos voltem a funcionar, no sistema drive-thru, medida que está sendo adotada por diversos comércios do ramo alimentício, que estão entre os serviços essenciais liberados.

Cardoso questionou, também, o motivo de não haver, até o momento, disponibilização de auxílio financeiro aos pequenos comerciantes que estão em situação de vulnerabilidade, bem como aos ambulantes.

“Recebi a resposta oficial referente aos meus questionamentos buscando amenizar o setor do comércio quanto aos encargos tributários, mas não foi mencionada a possibilidade dessas medidas serem adotadas. E até o presente momento, o Executivo não se posicionou perante a situação, o que beira o absurdo, pois há estabelecimentos fechando e ambulantes sem renda alguma”, explicou o vereador.

As duas proposituras, com os requerimentos apresentados, foram encaminhados ao Executivo em caráter de urgência.

Tudo sobre: