Bolsonaro inaugura Pronto Socorro na Santa Casa nesta sexta-feira

Presidente fica na região até terça, hospedado no Forte dos Andradas

Poucas certezas e muitas dúvidas. Esse é o resumo da agenda do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para a sua terceira temporada na região. De certo, ele irá à Santa Casa de Santos, às 18h, participar da inauguração do novo pronto-socorro particular. Desde quinta-feira (09), o presidente está no Forte dos Andradas, em Guarujá, onde atraiu um pequeno grupo de turistas e moradores que tentaram tietá-lo.

A princípio, Bolsonaro iria visitar a Ponte dos Barreiros nesta sexta-feira (10), cujo dinheiro para as obras de recuperação foi liberado pelo Governo Federal (R$ 48 milhões). 

Havia, ainda, a expectativa de que o presidente participasse da assinatura do contrato entre a Administração de São Vicente e a PHD Engenharia Ltda., a empresa que irá elaborar o projeto executivo para a reforma da ponte.

Na noite desta quinta-feira, porém, durante o vídeo ao vivo que realiza toda quinta-feira nas redes sociais, o presidente descartou participar da assinatura do contrato.

Uma visita ao 2º Batalhão de Infantaria Leve (BIL), em São Vicente, pela manhã, também é aventada. Nesta sexta-feira, há no local uma festa de formatura de cadetes e um evento em memória dos militares brasileiros mortos no Haiti, em 2010. Dois deles eram de São Vicente.

Na manhã de segunda-feira, Bolsonaro irá à sede da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), a Autoridade Portuária de Santos.

Santa casa

O novo pronto-socorro que a Santa Casa inaugura esta sexta (10) é só para adultos e atenderá planos de saúde e particular. Ele está instalado no prédio do antigo PS Central, municipal, ao lado do complexo principal do hospital.

Aberto 24h, o novo PS terá três salas para avaliação de risco de pacientes, oito consultórios, três salas para coleta de exames, novos aparelhos de raios X, sala de medicação com 12 lugares, farmácia, sala para curativos e suturas, local para repouso com 10 leitos (um dos quais em área restrita).

“É uma honra a qualquer presidente de instituição receber o presidente da República. A Santa Casa está orgulhosa”, diz o provedor do hospital, Ariovaldo Feliciano.

Bolsonaro é o segundo presidente da República a visitar a Santa Casa. O primeiro foi Getulio Vargas, em 1945, quando inaugurou o atual edifício do hospital, no Bairro Jabaquara.

Chegada

O presidente chegou a Guarujá por volta das 11h30 de quinta, a bordo de um helicóptero oficial, em companhia de sua filha, Laura, e outro aparelho com agentes responsáveis pela segurança.

Recuperando-se de cirurgia, a primeira-dama, Michele Bolsonaro, não acompanhou a família presidencial no descanso no Litoral Paulista. 

Bolsonaro saiu de Brasília por volta das 9h, fez escala no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, às 10h40, onde embarcou no equipamento oficial em direção à região. Um forte aparato de segurança foi montado nas imediações da unidade militar. 

Autoridades e políticos tiveram a entrada liberada ao complexo militar antes mesmo do pouso da aeronave presidencial. O deputado estadual Tenente Coimbra (PSL) foi um dos primeiros a marcar presença, e aguardou por quase uma hora a chegada de Bolsonaro. Já à tarde, o presidente recebeu o prefeito de Guarujá, Válter Suman (PSB) no Forte dos Andradas.

Tudo sobre: