EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

9 de Dezembro de 2019

Avenida Nossa Senhora de Fátima é interditada para obras nesta quinta-feira

Bloqueio começa às 9h, e deve durar cerca de 45 dias; veja alterações

A Avenida Nossa Senhora de Fátima (sentido São Vicente/Santos) ficará interditada, a partir das 9h desta quinta-feira (14), no trecho entre a Rua Manoel Barbosa da Silveira e Avenida Martins Fontes. O bloqueio deverá se estender por cerca de 45 dias, prazo previsto para a conclusão dos serviços de drenagem nas vias. 

Nesse período, para o desvio do tráfego, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) vai promover mudança de direção temporária na Rua Manoel Barbosa da Silveira e na Rua Ilhabela. A medida também tem início previsto para esta quinta-feira (14). A Manoel Barbosa terá mão única entre a Av. Nossa Senhora de Fátima e a Rua São Sebastião, nesse sentido. Já na Rua Ilhabela, a alteração será no trecho entre a Manoel Barbosa e a Av. Martins Fontes, nessa direção. 

O transporte público que atende a essa região seguirá o seguinte percurso: Nossa Senhora de Fátima, Rua Itanhaém, Rua São Sebastião e Avenida Martins Fontes. Os agentes da CET estarão no local monitorando o trânsito. 

A Prefeitura de Santos informou que a programação para início das obras e intervenções viárias na Avenida estará sujeita a alteração, de acordo com as condições do tempo. 

Desvios causaram trânsito na entrade de Santos (Foto: Solange Freitas/ TV Tribuna)

Drenagem  

A Prefeitura de Santos reforçará e implantará novas galerias no bairro Saboó. O objetivo é minimizar os alagamentos dessa região e da entrada da Cidade. A implantação da estação de bombeamento de água, na área do Hipermercado Assaí, auxiliará neste quesito. O Governo do Estado, responsável pela obra, deve assinar em breve a liberação dessa construção. 

A Avenida Nossa Senhora de Fátima também receberá reforço na galeria de drenagem existente e a implantação de nova galeria em aduelas (blocos com formato retangular e vazios no meio, que se encaixam formando grandes tubulações) de concreto, medindo 1,70m x 1,30m, em substituição a uma galeria de um pequeno trecho com tubos assoreados de 1,10m. Em outros trechos, a substituição da tubulação será de diâmetro de 300 a 700 milímetros por tubo de 800 milímetros, em ambas calçadas. 

No trecho da Avenida Martins Fontes até a Rua Manoel Barbosa da Silveira, a galeria em aduelas de concreto de 1,70m x 1,30m terá aproximadamente 120 metros e o trecho da Rua Manoel Barbosa da Silveira até a Rua Itanhaém será em tubos de concreto de 800 milímetros, aproximadamente de 225 metros em cada calçada. Os serviços serão realizados sequencialmente com interdição da via pública. 

A rede de drenagem terá interligação com a vala de escoamento junto à marginal da Via Anchieta e com a galeria existente recuperada e de trecho novo implantado na Avenida Martins Fontes, na pista 1, sentido Zona Noroeste/Centro, com possibilidade de direcionamento das águas pluviais ao Rio Lenheiros em períodos de maré alta. 

Tudo sobre: