Aulas da Etec Escolástica Rosa são adiadas; novo imóvel será no Centro de Santos

Início do ano letivo ocorrerá no dia 18 de fevereiro. Segundo apurado por A Tribuna On-line, nova sede da Escola Técnica Estadual será instalada na Avenida Senador Feijó

Por: Cássio Lyra & De A Tribuna On-line &  -  08/02/19  -  21:12
Estruturas da unidade têm infiltrações, paredes descascadas e áreas interditadas pela Defesa Civil
Estruturas da unidade têm infiltrações, paredes descascadas e áreas interditadas pela Defesa Civil   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

As aulas da Escola Técnica Estadual (Etec) Dona Escolástica Rosa, previstas para começarem nesta quinta-feira (7), foram adiadas para o dia 18, devido ao processo de contratação de aluguel do novo imóvel da unidade. Segundo o Centro Paula Souza (CPS), instituição responsável pelas Etecs, o novo imóvel será no Centro de Santos.


"A Etec Dona Escolástica Rosa tem previsão de iniciar o ano letivo no próximo dia 18 de fevereiro, em um novo prédio, mais moderno e melhor adequado às necessidades dos estudantes, na região central de Santos. Os procedimentos administrativos para assinatura do contrato de aluguel estão em fase avançada. Em breve, serão divulgados o endereço e o calendário escolar", informa o comunicado da assessoria de comunicação do CPS.


Segundo apurado por A Tribuna On-line, a nova sede do Escolástica Rosa será instalada na Avenida Senador Feijó, no Centro. Inicialmente, o calendário letivo da escola previa o começo das aulas para o dia 7.


Ação de despejo


A Santa Casa de Santos, proprietária do imóvel onde funcionava o Escolástica Rosa, entrou com ação de despejo contra o Centro Paula Souza pelo descumprimento da determinação do Ministério Público do Trabalho (MPT) de rescindir o contrato de aluguel. A Santa Casa aguarda a finalização do processo que envolve a ação.


A desocupação do imóvel foi determinada pelo MPT no ano passado, devido a graves problemas estruturais no local. Os danos foram constatados em laudo técnico da Seção de Vigilância de Referência em Saúde do Trabalhador (Sevrest) e da Defesa Civil de Santos. No dia 25 de janeiro, parte do telhado de um imóvel anexo ao antigo prédio da Etec desabou.


Prazo anterior dado pelo MPT exigia que prédio fosse desocupado no próximo dia 1º de dezembro
Prazo anterior dado pelo MPT exigia que prédio fosse desocupado no próximo dia 1º de dezembro   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

Logo A Tribuna