EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

18 de Janeiro de 2020

Ataque cibernético derruba aplicativos de mobilidade em Santos

Zona Azul e Bike Santos enfrentam problemas de acesso há quatro dias

Os aplicativos Zona Azul Digital (estacionamento regulamentado) e Bike Santos estão com problemas de acesso há quatro dias. Após apresentarem defeito, chegando a ficar inoperantes, na segunda-feira (9), registravam lentidão. Os motoristas que precisavam estacionar, por exemplo, não conseguiam habilitar créditos. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) suspendeu a fiscalização do estacionamento rotativo.  

A Prefeitura de Santos informou que o problema ocorreu no servidor, que fica hospedado no Google. “A empresa Serttel (responsável pelos serviços) foi vítima de um ataque cibernético que causou a indisponibilidade dos seus servidores e sistemas, ocasionando paralisação de serviços em todas as cidades onde opera”. 

Para a correção do problema, diz a Administração Municipal, os servidores da empresa tiveram que ser restaurados e reconfigurados. “Ao longo do dia de hoje (ontem), os serviços vêm sendo restabelecidos, porém podendo haver alguma lentidão no acesso”.  

A CET-Santos informa que o contrato com a Serttel prevê sanções, no caso de interrupção do serviço. A assessoria jurídica do órgão de trânsito estuda a penalidade mais adequada.  

A empresa  

A Serttel afirma que o incidente se deu por razões alheias à vontade da empresa e que “adota as melhores e mais modernas práticas de segurança digital. Porém, não foi capaz de impedir esse ataque cibercriminoso”.  

A empresa diz a que não houve perda ou vazamento de dados e que tomou as medidas necessárias para apurar os fatos, bem como reforçou os mecanismos de segurança para garantir a integridade dos seus sistemas e evitar que novos incidentes desse tipo voltem a ocorrer.  

Tudo sobre: