EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

20 de Setembro de 2019

Amazon fecha parceria em Santos e oferecerá cursos de graça

Estudantes e professores poderão estudar tecnologia de nuvem a partir de outubro

Em outubro, estudantes e professores de instituições dos ensinos Técnico e Superior de Santos poderão fazer gratuitamente cursos oferecidos pela Amazon, multinacional referência em tecnologia. Terça-feira (20), prefeitura e empresa assinaram um termo de cooperação para o uso da tecnologia de nuvem como ferramenta de ensino.

A computação em nuvem oferece o acesso a servidores, bancos de dados e serviços de aplicativos via internet. Segundo a chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia e Inovação da prefeitura, Claudia Sodero, ainda não está definido o número de vagas nos cursos, mas serão beneficiados cerca de mil estudantes de mais de 10 instituições de ensino.

“Além dos estudantes e profissionais das áreas de tecnologia, serão beneficiados ainda os cursos de Marketing e até Administração. A gama de serviços é extensa e não precisa de conhecimento profundo”.

Ela acrescenta que há a intenção de que as vilas criativas da cidade sejam beneficiadas com cursos. “A ideia é qualificar professores para que usem o conteúdo na sala de aula. Será desenvolvida nova vocação econômica para a cidade”.

Em breve, ainda haverá um concurso para empreendedores que desenvolvam produtos tecnológicos em cima da nova plataforma de tecnologia de nuvem.
 

Participação

A Amazon oferecerá workshops na Semana Municipal de Tecnologia, em outubro. Também marcará presença em programações do Festival Geek, de 14 a 17 de novembro. O evento reunirá conteúdo sobre o universo dos jogos, animes, sitcom, livros, mídias sociais e quadrinhos.

Para o diretor de setor público da Amazon Web Services (AWS) na América Latina, Canadá e Caribe, Jeffrey Kratz, esse é um passo importante para incentivar a educação técnica e a inovação na região.

“Investimos e acreditamos na natureza inovadora do Brasil. Juntos, Santos e AWS têm papel importante na capacitação de profissionais brasileiros de computação em nuvem e para atender uma demanda constante”.

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), comemorou a parceria, que trará capacitação à cidade. “As pessoas terão acesso ao que há de mais moderno com relação a tecnologia com a líder desse segmento no mundo”.

O presidente do Conselho Administrativo da Fundação Parque Tecno-lógico de Santos e secretário de Governo, Rogério Santos, explica que a proposta é que esses estudantes e profissionais possam desenvolver produtos que serão usados pela Prefeitura. “Estamos começando um relacionamento promissor”.