Sacolinhas de Natal alegram o fim de ano de crianças na região

Entidades se mobilizam para receber doações e montar kits; PM faz parceria inédita com Fundo Social de Santos

Ações de amor ao próximo e caridade levarão doações a crianças no Natal. As tradicionais sacolinhas serão entregues a instituições beneficentes para alegrar, só em Santos, o fim de ano de mais de 1.300 meninas e meninos cadastrados.

A Polícia Militar já procura por padrinhos para doações a cerca de 1.200 crianças de até 12 anos atendidas em 21 instituições santistas. A ação da PM é realizada pela primeira vez em parceira com o Fundo Social de Solidariedade (FSS) da cidade. 

Interessados em participar dessa empreitada têm até o próximo dia 29 para comparecer ao batalhão da Polícia Militar localizado na Avenida Ana Costa, 389, Gonzaga, e retirar uma sacolinha. Essa também é a data-limite para a devolução com as doações. As sacolinhas deverão conter um par de calçados, roupas e um brinquedo.

“No dia da entrega, também precisa ser levado um refrigerante de dois litros para as festas de entrega das doações. A partir do dia 1º de dezembro, a base móvel da PM comparecerá em cada uma das instituições atendidas para entregar as sacolinhas às crianças”, explica a tenente da Polícia, Militar Fulvia Guisini.

Também é possível retirar uma sacolinha nas viaturas estacionadas na orla de Santos que tenham o cartaz informativo da campanha. 

Vó Benedita 

A Casa Vó Benedita aceita doações de sacolinhas de Natal para as 21 crianças atendidas pela instituição, sem uma data-limite para adesão do público. 

Os interessados em participar desta corrente do bem devem ir até a entidade, que fica na Rua Carlos Caldeira, 675, no Santa Maria, Zona Noroeste, para retirar as sacolinhas. 

Também é possível fazer contato com a instituição pelos telefones 3299-3015/5415 ou pelo e-mail contato@casavobenedita.org.br para organizar a festa de entrega das doações. 

Pede-se uma peça de roupa, um par de calçados e um brinquedo para cada criança. A presidente da Casa Vó Benedita, Elizabeth Rovai, diz que as doações ajudam a instituição não só no Natal, mas ao longo de todo o ano seguinte. 

“As sacolinhas ajudam muito porque a gente precisa vestir e calçar as crianças durante o ano inteiro. É sempre importante realizar essa ação porque conseguimos fazer reserva até para os meses seguintes”.

Abraccii

A Associação Brasileira de Apoio e Combate ao Câncer Infanto Juvenil (Abraccii) também aceita doações em dinheiro para montar suas sacolinhas de Natal. A instituição, que presta assistência a crianças e adolescentes com câncer, procura apoio para fazer as doações às 94 crianças cadastradas no programa. 

Serão doados calçados, roupas e suplementos alimentares aos pequenos. 

Quem tiver interesse em custear uma sacolinha pode fazer uma doação no valor de R$ 150, mas a entidade avisa que aceita doações de qualquer quantia.

Gapa

O Grupo de Apoio à Prevenção à Aids da Baixada Santista (Gapa/BS) é outra instituição que aceita doações para sacolinhas de Natal. São pedidas peças de roupa, pares de calçados, brinquedos e materiais de higiene. 

Serão presenteadas 30 crianças de 1 a 12 anos, filhos e netos de pacientes atendidos pela entidade. Para aderir ao projeto, é preciso falar com Gabriel, pelo telefone (13) 3222-3109, até o dia 4 de dezembro. A festa de entrega dos presentes será realizada pela entidade no dia 17 de dezembro. 

Como ajudar 

> Polícia Militar 

Retirar e devolver sacolinhas no Batalhão da PM, que fica na Avenida Ana Costa, 389, Gonzaga, ou com viaturas com cartazes da ação estacionadas na orla da praia até o dia 29 próximo. 

> Casa Vó Benedita 

Retirar sacolinhas no abrigo da instituição (Rua Carlos Caldeira, 675, Santa Maria). Caso queira agendar festa de entrega das doações, ligar para (13) 3299-3015 ou (13) 3299-5415. Para conhecer a lista das crianças atendidas, enviar e-mail para contato@casa vobenedita.org.br. 

> Abraccii 

Doações em dinheiro para Banco Itaú, ag. 8433, conta 08690-0, CNPJ: 20.249.929/0001-66. 

> Gapa/BS 

Entrar em contato com Gabriel pelo telefone 3222-3109 até o dia 4 de dezembro. 

Tudo sobre: