São Paulo vai distribuir 4,5 milhões de doses da Coronavac para todo o Brasil

Vacinas prontas para aplicação serão encaminhadas nesta segunda (18) para o aeroporto de Guarulhos

O Governo de São Paulo anunciou que vai distribuir 4,5 milhões de doses da Coronavac, vacina contra a Covid-19 produzida em parceira com o Instituto Butantan, para todo o Brasil. As vacinas prontas para aplicação serão encaminhadas nesta segunda (18) para o Centro de Distribuição e Logística do Ministério da Saúde, no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

As doses devem ser utilizadas após a aprovação da Coronavac pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O Instituto Butantan dispõe de 10,8 milhões de doses da vacina em solo brasileiro. O Governo do Estado estima que, ao final de março, tenha 46 milhões de doses disponíveis para imunização.

"As doses entregues ao Ministério da Saúde serão destinadas para todos os estados brasileiros e o Distrito Federal. Vamos aguardar que neste domingo (17) a Anvisa autorize o uso emergencial da Vacina do Butantan, assim como esperamos que o faça também para a vacina AstraZenica. O Governo de São Paulo torce, pede e recomenda, dentro do seu limite, que a Anvisa e o Ministério da Saúde adote vacinas, não só a vacina do Butantan, não apenas a vacina da Fiocruz, mas também outras vacinas diante do quadro gravíssimo de saúde pública no país", declarou o governador João Doria.

Produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, a Coronavac atingiu 50,38% de eficácia global no estudo clínico desenvolvido no Brasil, além de proteção de 78% em casos leves e 100% contra casos moderados e graves da Covid-19. Os índices são superiores ao patamar de 50% exigido pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A vacina é desenvolvida pelo Instituto Butantan há mais de seis meses. O produto é baseado na inativação do vírus Sars-CoV-2 para induzir o sistema imunológico a reagir contra o agente causador da Covid-19. A tecnologia é similar à de outras vacinas produzidas pelo instituto paulista.

Tudo sobre: