Prefeitos da Baixada Santista pedem ao Estado 'Operação Verão' contra aglomeração

Condesb quer envio de policiais militares para força-tarefa especial nas praias durante o próximo fim de semana prolongado

Os prefeitos da Baixada Santista pediram ao Governo Estadual a realização de uma operação especial na orla das nove cidades da região durante o próximo fim de semana prolongado, com o envio de policiais militares de outras regiões do Estado para apoiar o efetivo local e as guardas municipais. O objetivo é evitar a aglomeração de pessoas nas praias, como ocorreu no último fim de semana.  

A solicitação foi feita em reunião do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), por videoconferência, realizada na tarde desta terça-feira (1º). A operação conjunta seria voltada à orientação das medidas sanitárias para evitar a proliferação do coronavírus, em especial o uso obrigatório de máscaras.   

Os prefeitos entendem que a ação integrada com o Estado permitirá maior eficácia no controle do cumprimento das normas vigentes, uma vez que as guardas civis municipais não têm efetivo suficiente para atender o elevado número de turistas lotando as praias. 

Os prefeitos pediram, ainda, ações voltadas à conscientização dos turistas nas rodovias que dão acesso às cidades da Baixada Santista, por meio de distribuição de máscaras, entrega de materiais informativos impressos, avisos em painéis e posts em redes sociais. 

O secretário de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, ficou de levar o pleito ao governador João Dória (PSDB).  Trata-se do segundo de pedido de apoio do Condesb ao Estado. No feriado prolongado de 1º de maio, os prefeitos pediram a ação da PM nas rodovias a fim de evitar a vinda maciça de turistas à Baixada Santista, mas não foram atendidos.  

Presidente do Condesb e prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) não quis dar entrevista sobre o assunto. Em vídeo enviado pela assessoria de imprensa, ele diz: “devido ao que aconteceu no último final de semana – praias lotadas – temos uma preocupação muito grande. Pedimos ao Governo do Estado uma operação, nos moldes da Operação Verão, com ampliação do efetivo da Polícia Militar para que possa ajudar as guardas municipais”.  

Vai apoiar 

Em nota, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional afirma que o Governo de São Paulo dialoga com as Prefeituras e vai apoiar as ações locais em vista do feriado prolongado da Independência.  

“O Estado recomenda que as medidas sejam efetivas, visando a manutenção da quarentena e utilização obrigatória de máscaras. Na manhã desta quarta-feira (2), o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, vai participar de uma reunião com integrantes da Associação das Prefeituras das Cidades Estâncias do Estado de São Paulo (APRECESP) para mais detalhamentos”.

Tudo sobre: