EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Praias da Baixada Santista: saiba quais atividades são permitidas e proibidas

Municípios da região adotam regras diferentes sobre utilização da orla e acesso ao mar; Santos e Itanhaém mantêm medidas mais restritivas à prática esportiva

A crítica do prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), sobre a metodologia usada para avaliar a taxa de isolamento nas cidades paulistas desperta interesse sobre a utilização da faixa de areia na Baixada Santista. A uniformidade no discurso em relação às atividades econômicas e ampliação de leitos, contudo, não se aplica quando o assunto é a prática de atividades físicas à beira mar.  

Cada município adota regras específicas de utilização da orla, apesar da quarentena. “Precisamos aprimorar as informações (do monitoramento). Conheço uma cidade que toda semana sai com o maior índice de isolamento. Não é uma verdade. Se você for à praia, terá um monte de gente no calçadão, no centro comercial. Mesmo assim, dá 65% de isolamento”, disse Mourão, durante live com o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM), nesta quarta-feira (13). 

A flexibilização do uso das praias se aplica, por exemplo, nos esportes individuais no mar. Praia Grande, São Vicente, Bertioga e Mongaguá autorizam a prática de surfe durante o período de isolamento social. Em outras localidades, até mesmo caminhada ou atividades físicas na faixa de areia estão permitidas, desde que evitadas aglomerações.  

As liberações pontuais levam em consideração que o esporte aumenta a imunidade e melhora o estado físico e mental. Já utilização de barracas, cadeiras, mesas, guarda-sóis, serviços de praia, consumo de alimentos e bebidas na faixa de areia permanecem proibido. 

Veja o que é permitido ou não por cidades 

Bertioga 

Na faixa de areia está autorizado praticar caminhada, corrida e ciclismo. No mar está liberado surfar, remar e nadar. Já nos rios, a autorização é para canoagem e natação. Todas as atividades estão permitidas de segunda a quinta-feira, das 6 às 18 horas. Durante as sextas-feiras, finais de semana e feriados, as práticas estão proibidas. É recomendado o uso de máscaras de proteção durante os exercícios de caminhada, ciclismo e corrida. 

Guarujá 

Na cidade, o acesso à faixa de areia está vedado para qualquer finalidade, incluindo as práticas esportivas. Já os calçadões das praias seguem parcialmente liberados para caminhadas, corridas e passeios com animais domésticos. Essa medida perde validade durante os pontos facultativos, feriados e finais de semana. Infratores estão passíveis às punições dos artigos 268 (infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa) e 330 (desobedecer a ordem legal de funcionário público) do Código Penal Brasileiro. 

Itanhaém  

É vetado o acesso à faixa de areia e ao mar.  

Mongaguá 

As atividades na faixa de areia permanecem restritas. Já a prática do surfe pode ser realizada somente no período das 5 às 8 horas. Surfistas devem seguir as recomendações de prevenção à Covid19. A Guarda Municipal realiza rondas periódicas em todas as praias.   

Peruíbe  

É vedado o uso da faixa de areia e do mar enquanto durar as regras de quarentena. Já no calçadão, não há proibição de frequentar, mas os quiosques foram proibidos de abrir, para evitar aglomerações no local. Não existe um horário específico.  

Praia Grande 

A prática de esportes individuais no mar está permitida, individualmente, entre as 5 e às 8 horas. Demais atividades na praia continuam proibidas. A circulação no calçadão é possível, mas as pessoas devem evitar aglomeração e utilizar máscaras. Equipes da Guarda Civil Municipal fazem a fiscalização.   

São Vicente   

Nas praias vicentinas, a prática de surfe está autorizada entre 6 e 10 horas, desde que não haja aglomeração, mantenha-se o uso individual dos equipamentos utilizados e respeite às recomendações de higiene. No calçadão, é permitida a atividades físicas, desde que observada a necessidade de distanciamento, evitando aglomeração. A Guarda Civil Municipal (GCM) faz abordagens, com orientações sobre as restrições de permanência na faixa de areia. 

Santos  

A faixa de areia santista permanece fechada, sendo vedada prática de surfe e demais esportes aquáticos. Desde o dia 4 de abril, também está proibida a circulação de pessoas no calçadão da orla da praia, assim como práticas esportivas. Nas ciclovias é permitido apenas o tráfego de ciclistas se locomovendo para o trabalho. A fiscalização do cumprimento das medidas restritivas, ocasionadas pela necessidade de isolamento social neste momento, é feita pela Guarda Civil Municipal. 

Tudo sobre: