Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Praia Grande reforça ações contra a dengue em todos os bairros

Serviços de combate à proliferação do mosquito acontecem em vários pontos da Cidade

Por: Por ATribuna.com.br  -  27/02/21  -  21:05
Praia Grande tem infraestrutura para atender crescimento de 2,16% da população por ano
Praia Grande tem infraestrutura para atender crescimento de 2,16% da população por ano   Foto: Carlos Nogueira/AT

A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande está intensificando todas os serviços de combate à dengue. As ações para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, que também transmite a zika e chikungunya, estão sendo efetuadas em vários bairros.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Neste período de pandemia de Covid-19, foi necessário adaptar as vistorias e os trabalhos desenvolvidos nas casas dos munícipes, como a nebulização e os bloqueios de criadouros. Além disso, a equipe dos agentes da Divisão de Saúde Ambiental da Sesap segue medidas de biossegurança, como a obrigatoriedade do uso de máscara.


Para a realização da nebulização na casa dos munícipes, existe um esquema especial. A máquina é posicionada no quintal próxima a pontos como janelas e portas. Com relação ao bloqueio de criadouros, os agentes efetuam as ações de investigação na área peridomiciliar, como o quintal.


"Neste atual momento, os agentes não adentram ao interior dos imóveis. Esse cuidado está sendo tomado por conta da pandemia da covid-19 até que toda a população seja vacinada. No bloqueio, o profissional observa por meio de janelas e portas as correções que deverão ser feitas na área interna como banheiros, cozinha e área de serviço, entre outros locais", explicou a chefe da Divisão de Saúde Ambiental da Sesap, Maria Fernanda Gonçalves.


Uma das principais dificuldades é em relação à conscientização da população: cada um precisa cuidar de sua casa e de seu quintal, observando vasilhames, garrafas e pneus descobertos e os famosos pratinhos dos vasinhos de plantas, que acumulam água parada e tornam-se criadouro prefeito para o mosquito transmissor.


"Nesse período de verão, devido as condições climáticas, aumentam as suspeitas e confirmados de casos de dengue. É fundamental que a população faça a sua parte e nos auxilie neste combate. Peço a colaboração de cada munícipe", afirmou Maria Fernanda. Até os primeiros dias de fevereiro, foram efetuados 9.216 bloqueios de controle de criadouros em 1.039 imóveis visitados na Praia Grande. Outro destaque no período é que 131 pontos estratégicos, como ferros velhos e obras, foram vistoriados.


Logo A Tribuna