Mulher se acorrenta em frente à prefeitura de Praia Grande para cobrar serviços: 'É meu direito'

Testemunhas alegam que ela cobrava serviços de manutenção de rede de esgoto no local onde mora

Por: Por ATribuna.com.br  -  07/01/21  -  10:06
Mulher se acorrenta em frente à prefeitura de Praia Grande para cobrar serviços
Mulher se acorrenta em frente à prefeitura de Praia Grande para cobrar serviços   Foto: Graziele Cilento/Facebok

Uma cena inusitada revoltou pedestres que passavam em frente à prefeitura de Praia Grande na tarde desta quarta-feira (6). Uma idosa se acorrentou em frente ao Paço Municipal para reivindicar serviços da prefeitura, que ela alegou que não estavam sendo prestados na rua onde mora.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Segundo uma testemunha, que presenciou a revolta da senhora, que estava sentada na calçada e acorrentada pelo pescoço a uma pedra, a mulher cobrava a limpeza de um bueiro no local onde mora. Em um vídeo publicado nas redes sociais, a senhora conta que já tentou diversas vezes pedir que a prefeitura limpasse o bueiro, sem sucesso. Revoltada, decidiu protestar.


“Olha a que ponto chegou o munícipe para reivindicar seus direitos, que tristeza isso. A pessoa está aqui na frente da prefeitura reivindicando a limpeza do bueiro na frente da casa dela”, disse em vídeo a munícipe que flagrou o ocorrido.


A pedestre ainda perguntou o motivo da idosa ter se acorrentado, e ela respondeu que já tentou entrar em contato com a prefeitura, mas que nunca foi atendida. Cansada da situação, ela ainda contou que não dorme direito por conta do problema com o bueiro entupido. Com carnês de impostos na mão e uma pasta com protocolos, ela protestou na porta da prefeitura.


“Eu só saio daqui depois que limparem o bueiro, que é coisa da prefeitura aquela sujeira. É meu direito”, disse a idosa, que ainda não identificada.


Procurada por ATribuna.com.br, a Prefeitura de Praia Grande informou que prestou atendimento a senhora que se recusava a deixar a frente do Paço Municipal até que seu pedido de manutenção fosse atendido. Leia a nota:


As equipes da Guarda Civil Municipal atenderam prontamente a munícipe e entraram em contato com a Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb), que enviou uma equipe ao local indicado pela moradora. O serviço de limpeza da caixa de inspeção dela já tinha sido realizado, porém nesta quarta-feira (6) foi executado também a desobstrução da tubulação. Na residência, as equipes da Sesurb, inclusive, conversaram com um senhor, que se identificou como esposo da senhora, e explicou todo o serviço que já tinha sido realizado e o que foi feito na ocasião. A moradora na sequência deixou a Prefeitura. A Sesurb aproveita a situação para destacar que muitas vezes obstruções na rede são causadas por materiais descartados irregularmente nas vias públicas, que são carregados pela chuva para a rede de drenagem, comprometendo todo o sistema. Por isso, a Administração Municipal conta também que o apoio de todos para que o lixo doméstico e itens inservíveis sejam enviados a locais adequados (como ecopontos) ou descartados através de serviços oficiais (como coleta de lixo, coleta seletiva e projeto Rapa Treco).


Logo A Tribuna