Infiltração inunda UTI Pediátrica em PG e família desabafa: 'Só avisaram no dia seguinte'

Hospital Irmã Dulce teve teto afetado por infiltração após chuvas na cidade. Segundo família de criança, goteiras existem há anos

Por: Marcela Ferreira  -  04/01/21  -  21:36
Local foi tomado por água que escorria do teto e inundava o chão. Crianças foram transferidas
Local foi tomado por água que escorria do teto e inundava o chão. Crianças foram transferidas   Foto: Lucineide Ferreira da Silva/Arquivo pessoal

O teto da ala da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, sofreu infiltrações na noite do último domingo (3) e deixou o local inundado. De acordo com a tia de uma criança que mora na unidade de saúde, a família só foi avisada do incidente na manhã desta segunda-feira (4).


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


De acordo com Lucineide Ferreira da Silva, que registrou o ocorrido, seu sobrinho, de cinco anos, está na unidade de saúde desde os 28 dias de vida, por ser cardiopata e ter outras complicações como derrame, hidrocefalia e convulsões. “Ele [o sobrinho] foi transferido para a pediatria, porque a UTI pediátrica foi desativada”.


A preocupação da família é que a criança esteja em um local não-estéril, sem ar-condicionado e sem a higienização adequada, como acontece na UTI. “ele não se machucou, mas estava vermelho com calor, quando fomos visitar”.


Macas foram deixadas no local onde houve inundação
Macas foram deixadas no local onde houve inundação   Foto: Lucineide Ferreira da Silva/Arquivo pessoal

Lucineide conta que os problemas são antigos e fica indignada com a falta de atitude da administração. “Goteira sempre teve. Chovia e a UTI ficava cheia de baldes pelos corredores. Sempre teve rachaduras, ninguém nunca arrumou nada”.


Ela ressalta que não viu ninguém que tenha se machucado. “Está tudo alagado, as macas ainda estão lá. Foi um susto para a família porque avisaram só hoje, a gente viu que ele estava vermelho de calor, e os aparelhos apitam quando isso acontece”.


Procurada por ATribuna.com.br, adireção do Hospital Municipal Irmã Dulce esclareceu que as fortes chuvas que atingiram a cidade nos últimos dias provocaram infiltrações na área de UTI Pediátrica da unidade. O hospital informa que há constantes manutenções realizadas no edifício.


A administração também informa que não ocorreu queda de teto no local, assim como não houve interrupção ou qualquer tipo de prejuízo à assistência dos pacientes. Ao primeiro sinal de infiltrações, a UTI Pediátrica foi transferida para outro setor do Hospital, no qual encontra-se funcionando normalmente. O espaço afetado encontra-se interditado para manutenção, que será concluída de forma mais breve possível, de acordo com a nota.


Logo A Tribuna