Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Filha de idoso desaparecido em área rural de Praia Grande implora por buscas: 'Ele está doente'

Segundo Priscilla Gagliardi, as autoridades precisam de uma diretriz mais exata de onde o homem poderia estar para iniciar a procura

Por: Carlos da Hora  -  24/02/21  -  12:20
Marcos Roberto Donato está desaparecido desde o último domingo (21)
Marcos Roberto Donato está desaparecido desde o último domingo (21)   Foto: Arquivo Pessoal

A filha de Marcos Roberto Donato, desaparecido desde o último domingo (21), está lutando para que as buscas pelo pai sejam iniciadas. Priscilla Gagliardi conta que conseguiu contato com o pai por meio de um telefona e ao chegar em sua casa, localizada no bairro Samambaia, em uma área rural de Praia Grande, não achou mais o homem.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Em contato com ATribuna.com.br, a mulher revelou que teme pelo pai de 62 anos. "Acredito que ele possa estar desorientado e tenha pulado na mata". Segundo ela, assim que foi constatado o sumiço, um boletim de ocorrência foi feito, junto de um contato com o Corpo de Bombeiros, para as buscas serem iniciadas.


Contudo, algumas dificuldades apareceram, e a procura por Marcos é feita apenas por moradores locais. "Na segunda-feira (22), dois bombeiros vieram aqui e me afirmaram que era preciso de uma diretriz mais exata de onde ele poderia estar para as buscas começarem".


Ainda assim, Priscilla ressalta que não houve até o momento negligência por parte das autoridades. "A prefeitura se mobilizou e inclusive me disponibilizou um barco. O Corpo de Bombeiros também já veio, mas não conseguem iniciar as buscas".


O verdadeiro medo da filha é de algo mais sério ter acontecido com o pai. "Espero que comecem logos as buscas, ele (Marcos) está doente e precisa de ajuda o quanto antes".


Procurados pela reportagem, a prefeitura da Praia Grande e o Corpo de Bombeiros não se pronunciaram até a publicação desta matéria.


Logo A Tribuna