EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Padarias abrem três mil vagas de emprego na Baixada Santista

Oportunidades são por conta do aumento da clientela nas festas de fim de ano e temporada de verão; já é possível entregar currículos

Padarias da Baixada Santista vão oferecer cerca de 3 mil vagas de trabalho para reforçar o atendimento durante as festas de fim de ano e a temporada de verão. Já é possível entregar currículos. Se você está em busca de uma oportunidade, prepare-se, pois esta pode ser a sua chance de conquistar espaço no mercado.

A previsão é do presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitarias de Santos e Região (Sinaspan), Antônio Pires Gomes. Atualmente, o setor emprega aproximadamente 12 mil funcionários. 
“Esperamos um crescimento de 6% no movimento em relação ao ano passado, com base no calendário que será mais extenso e a abertura de novas padarias, o que vai gerar a necessidade de mais mão de obra em nosso segmento”. 

Cargos

As ofertas de trabalho serão direcionadas para diversas funções, como balconistas, copa, operador de caixa, padeiro, pizzaiolo e pessoal de limpeza, entre outros.

“Para algumas funções mais técnicas, a experiência conta mais. Mas é algo bastante heterogêneo. então é possível até ser uma porta de entrada para um primeiro emprego. No caso de muitos padeiros que hoje têm mais destaque, vale lembrar que a maior parte começou como ajudante e foi aprendendo o ofício no dia a dia”.

Atualmente, o piso salarial varia de R$ 1.200,00 a R$ 1.700,00. “Em várias situações, se paga mais que o piso para os bons profissionais, que podem chegar a receber salários de R$ 2,5 mil a R$ 4 mil”.

Como fazer

Para tentar uma das 3 mil vagas, é possível enviar um currículo para o e-mail do sindicato (recrutamento@sinaspansantos.com.br), que possui um banco de dados atualizado. “Muitos donos de estabelecimentos vão ao sindicato em busca de currículos que possam atender ao perfil desejado por eles”, acrescenta Antônio. 

Alternativa

Outra possibilidade é procurar pessoalmente os estabelecimentos para entregá-lo. “Nesse momento, importa muito a postura, porque a pessoa pode se apresentar ali mesmo. Pontos a serem destacados, como mostrar que sabe atender bem, que é prestativa, educada e calma, que sabe lidar com públicos diversos... Enfim, é importante destacar”, diz a especialista em RH Roberta Trigo. 

Em todos os casos, entram em cena as dicas para a preparação de um currículo que chame a atenção de quem faz o processo seletivo (detalhes no quadro).

“O currículo é o cartão de visita do profissional. Por isso, deve-se ter o máximo de cuidado na preparação e preenchimento, pois ele será determinante para atrair a atenção dos recrutadores”, explica a consultora de carreira e de recrutamento Patricia Corbisier Fabbri.

Mais uma dica

Muitos estabelecimentos dão chance para temporários que se destacam serem efetivados. Então, vá com pensamento positivo e aproveite a temporada para mostrar todo potencial.

Tudo sobre: