Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Praia de Peruíbe é invadida por máscaras de proteção e muito lixo: ‘Emporcalham a cidade’; VÍDEO

Professor aposentado e morador da cidade, José de Matos Martins fez as imagens na última quarta-feira (3) e reclamou sobre a falta de limpeza na faixa de areia da praia

Por: Thiago D'Almeida  -  05/03/21  -  14:37
Atualizado em 19/04/21 - 17:24

Um registro feito na praia de Peruíbe, litoral Sul de São Paulo, na última quarta-feira (3), mostra máscaras de proteção contra a Covid-19 e lixo jogados na faixa de areia.


A equipe de ATribuna.com.br entrou em contato com o autor do vídeo, o professor aposentado José de Matos Martins, que também possui uma página no Facebook destinada especificamente aos assuntos da cidade, e reclamou muito sobre a situação.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Martins comentou sobre a falta de limpeza na praia. “É lamentável tudo isso. Peruíbe é uma cidade que vive em função do turismo. Precisa ser feito um grande trabalho de conscientização junto ao turista e o povo da cidade. Não são apenas os turistas quem ‘emporcalham’ a cidade. [Sugiro] mais lixeiras na praia e coleta seletiva no município. Enfim, muita coisa precisa ser feita”, reclama.


Nas imagens, que foram publicadas na página "Soul Peruíbe", é possível ver um grande número de máscaras de proteção, entre outros objetos abandonados, na areia da praia.


“Os vídeos já dizem tudo: muito lixo, sacos plásticos, garrafas pet, vidros, roupas, máscaras [de proteção contra a Covid-19], pneus, entre outros. Isso tudo numa extensão de mais ou menos 500 metros”, explica Martins.


A equipe de ATribuna.com.brtambém procurou a prefeitura da cidade, que emitiu uma nota sobre o assunto:


"A Secretaria Municipal de Obras informou que estes tipos de sujeira vêm com a maré. Isso significa que o material foi trazido pelo mar por conta de sujeira que estava na praia antes ou após a limpeza que é feita no local. O serviço é realizado todos os dias entre o fim da madrugada e o início da manhã para que as máquinas não atrapalhem os banhistas. O trabalho contempla rastelagem total da areia da praia e depois é feita a coleta do que foi rastelado. Neste momento, a pasta informa que toda a faixa de areia encontra-se limpa."


Logo A Tribuna