Policia Ambiental apreende quase meia tonelada de peixe no litoral de SP

Sardinhas foi apreendidas em Cananéia, e estão no período de defeso. O produto foi doado para o Fundo Social de Solidariedade

Por:  -  20/01/21  -  02:20
Atualizado em 20/01/21 - 02:28
Pescados estavam sem comprovação de origem
Pescados estavam sem comprovação de origem   Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Policiamento Ostensivo Náutico, realizado pela Companhia de Polícia Militar Ambiental Marítima do 3° BPAmb, a CiaMar, apreendeu, e efetuou a doação de 468kg de sardinha sem a devida comprovação de origem nesta terça-feira (19), em Cananéia. Espécie de peixe está em defeso, período de proteção por lei para preservação e perpetuação deste animal.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O flagrante foi constatado por uma equipe em terra do Policiamento Marítimo, durante fiscalização em depósitos de pescado no centro do município. O proprietário do local foi autuado por 'armazenar produtos originados da pesca sem comprovante de origem', no valor de R$20.120,00.


Todo o pescado, que estava congelado, foi apreendido e imediatamente doado ao Fundo Social de Solidariedade de Cananéia, promovendo o papel social da instituição, e deverá ser destinado a pessoas carentes e em situação de risco do município.


Para denúncias, é possível fazer por telefone, através do número (13)3348-4750.


Logo A Tribuna