EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

10 de Agosto de 2020

Idosa morre após ser atingida por árvore durante temporal em São Vicente

Chuva e fortes ventos causaram diversos transtornos nas cidades da Baixada Santista

Uma idosa morreu e outro senhor ficou ferido após serem atingidos por uma árvore que caiu, no Gonzaguinha, em São Vicente, durante um temporal que atingiu a Baixada Santista, neste domingo (28).  Segundo a Prefeitura, a árvore fica localizada na Praça Carlos Antonio Menon e os dois munícipes atingidos eram ambulantes. 

A vítima fatal faleceu no local. O outro ambulante, de 72 anos, foi encaminhado ao Hospital Municipal de São Vicente com ferimentos e hematomas. Segundo a administração municipal, ele está consciente, passou por exame de raio-X e será avaliado pelo ortopedista e cirurgião geral.

A chuva e os fortes ventos provocaram diversos transtornos para os moradores da região. De acordo com a Defesa Civil de Santos, a velocidade dos ventos na Ponta da Praia, por volta das 16h28, foi de 82km/h, com rajadas de 150 km/h. 

A meteorologista Bianca Lobo, do Instituto Climatempo, afirma que a mudança de tempo deste domingo era prevista desde meados da semana, devido à aproximação de uma frente fria. Pode chover e ventar com força novamente agora à noite e na madrugada desta segunda-feira, segundo ela.

Para esta segunda-feira (29), é previsto vento sudeste, com temperaturas mais baixas, mais umidade e chuva entre fraca e moderada. E, ao menos na terça-feira, tempo encoberto e chuviscos.

Ocorrências

Uma árvore caiu na Rua Júlio Conceição, esquina com na Rua Martim Francisco, Encruzilhada em Santos. Com a queda, ela atingiu um carro, que estava estacionado. O proprietário é Flávio Silva Farias, 33, empresário, morador de Praia Grande.

"Eu e minha esposa estávamos indo para o carro, que estava estacionado. Vimos quando as duas árvores caíram. Mais 30 segundos estaríamos dentro do carro. Foi um livramento", disse o motorista.

Segundo proprietário do veículo, árvore caiu momentos antes dele e a esposa entrarem no carro (Foto: Marcelo Luís/AT)

Também foram registradas quedas de árvore na Rua Vahia de Abreu, entre as ruas Alexandre Herculano e Goiás, e na Avenida Washington Luiz, no Boqueirão. Na Rua Pérsio de Queiroz Filho, na Encruzilhada, uma árvore caiu e acabou bloqueando o tráfego na via. A mesma situação ocorreu na Rua Frei Francisco Sampaio, entre as ruas Álvaro Alvim e Aureliano Coutinho, no Embaré.

Cinco árvores caíram próximo ao condomínio Bolívia, no BNH, na Aparecida. Segundo o morador Paulo Figueiras, o conselheiro do condomínio realizou quatro pedidos de poda das árvores. E nada foi realizado até hoje.

Segundo a Prefeitura de Santos, um homem de 35 anos foi atingido por uma árvore na rua Pedro Gonçalves Borges, no José Menino. Ele foi resgatado pelo Samu em estado estável e encaminhado para a Santa Casa de Santos.

A Defesa Civil de Santos informou que várias ocorrências foram registradas como quedas de árvores e semáforos apagados devido a falta de energia elétrica em alguns pontos da cidade. Equipes da Defesa Civil e Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) de Santos estão atendendo as ocorrências. Um balanço detalhado das ocorrências será realizado e divulgado posteriormente.

A CET informou que há mais de 20 locais com problemas por conta de quedas de árvores. Alguns pontos obstruídos - Avenida Afonso Pena (sentido Ponta da Praia) com a rua Felipe Camarão; Cana 4 (Avenida Siqueira Campos) com Pedro Lessa, sentido praia/cais e rua Guaiaó com rua Guaibê. Há vários semáforos apagados por falta de energia elétrica.

Uma parte do teto da Santa Casa de Santos também desabou devido às chuvas. A assessoria de comunicação do hospital informou que tiveram algumas ocorrências devido ao temporal,  mas que a situaçãoestá sob controle, e as equipes de manutenção estão no local. Não houve feridos.

Moradores de bairros como Centro, Marapé, Vila Belmiro, Gonzaga, Pompéia, Campo Grande e Aparecida reclamaram de falta de luz em suas residências devido à chuva e aos fortes ventos. Alguns locais em São Vicente também registrarm a queda de energia.

Em nota, a CPFL Piratininga informou que as subestações afetadas durante o temporal já foram religadas e a energia de Santos e São Vicente já foi restabelecida. Esse desligamento foi ocasionado pela queda de uma árvore de grande porte em uma de nossas linhas de transmissão que alimentam a região. A falta de energia durou em torno de duas horas. No entanto, em alguns lugares a luz voltou somente nos primeiros minutos desta segunda-feira.

Ainda em São Vicente, a Defesa Civil informou que atendeu a chamados sobre queda de árvores, na Rua Freitas Guimarães, no Boa Vista; Rua Campos de Bury, no Parque Bitaru; Rua Ipiranga com Praça Bernardino de Campos, e na Praça Barão do Rio Branco, no Centro.

Em Praia Grande, parte do forro do teto do Litoral Plaza Shopping caiu após as chuvas que atingiram a região neste domingo. Segundo relato de uma leitora, o problema é recorrente no local e pessoas já chegaram a se machucar devido à situação. A Tribuna On-Line tentou não conseguiu entrar em contato com a assessoria de imprensa do estabelecimento por porblemas na linha telefônica.

Aproximadamente 29 mil moradias nas cidades de Itanhaém, Peruíbe, Guarujá e Bertioga também ficaram sem luz neste domingo. De acordo com a Elektro, a passagem da frente fria, acompanhada de ventos fortes, provocou a queda de árvores na rede elétrica e desligou vários alimentadores no Litoral Sul e Baixada Santista.

Em Cubatão houve alguns pontos de queda de energia. Segundo a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil do município, o fornecimento de luz já foi restabelecido. No mais, não houve registros.

A Dersa informou que a travessia de balsas e barcas chegaram a ficar paralisadas por cerca de 1 hora. Depois, as embarcações passaram a operar com capacidade reduzida. A espera chegou a 30 minutos no lado de Santos, enquanto os motoristas em Guarujá aguardavam por 1h30.

Parte do forro do teto do Litoral Plaza Shopping caiu após as chuvas deste domingo (Foto: Arquivo pessoal)
Arvore caída na rua Frei Francisco Sampaio entre as ruas Álvaro Alvim e Aureliano Coutinho, no Embaré, em Santos (Foto: Vanessa Rodrigues/AT)
Árvore caída na Rua Dr. Vítor de Lamare, no Boqueirão, em Santos (Foto: Júnior Batista/AT)
Cinco árvores caíram próximo ao condomínio Bolívia, no BNH, em Santos (Foto: Vanessa Rodrigues/AT)
Rua Jurubatuba com a Rua Lacerda Franco, na Aparecida, em Santos (Foto: Vanessa Rodrigues/AT)
Tudo sobre: