Turista que teve perna amputada segue em estado grave em UTI de Guarujá

Rapaz de 21 anos teve a perna direita amputada após ser atingido pela hélice de uma lancha

O turista de 21 anos que teve a perna direita amputada após ser atingido por uma lancha, em Guarujá, na tarde de segunda-feira (12), segue internado em estado grave na UTI do Hospital Santo Amaro.

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Segundo informações obtidas com o hospital, ele permanece sedado e está com todo atendimento e suporte possíveis. A perna direita foi amputada, enquanto a esquerda está com um fixador externo. 

Logo após o ocorrido, o rapaz foi encaminhado ao centro cirúrgio assim que chegou ao hospital, com hemorragia e fratura. 

O caso aconteceu por volta das 16h de segunda-feira, na Praia do Tortuga, em Guarujá. De acordo com informações do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), a vítima estava em uma lancha e resolveu saltar para mergulhar. Em seguida, a lancha acelerou, por motivos desconhecidos, e a hélice atingiu uma das pernas do turista. 

A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) informou que a Marinha já tomou conhecimento sobre o caso e que será aberto um inquérito para apurar o ocorrido. 

Tudo sobre: