Trabalho de fiscalização será modernizado em Guarujá

Antigos talonários de papel serão substituídos por tablets a partir de 15 de dezembro

Guarujá irá substituir os antigos talonários de papel para notificação por tablets. A novidade faz parte da modernização da fiscalização municipal. Os primeiros testes começaram em julho e a previsão é que até dia 15 de dezembro já estejam em pleno funcionamento. Na manhã da última terça-feira (17), os fiscais passaram por treinamento no Delphin Hotel, com a empresa responsável pelo sistema.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

Durante o encontro, eles conheceram as funcionalidades da ferramenta e também foram entregues 40 tablets para os fiscais de comércio (fixo e ambulante), além da equipe da Força-Tarefa.

“Guarujá é umas das cidades pioneiras na Baixada Santista a implantar uma fiscalização municipal totalmente digital. O investimento em tecnologia torna o trabalho mais ágil e eficaz”, afirmou o diretor de Operações Especiais e Fiscalização de Taxas, Ricardo dos Santos Tobar.

O projeto prevê 150 tablets, que vão contemplar toda a fiscalização municipal que inclui as secretarias de Finanças (Sefin); Infraestrutura e Obras (Seinfra); Saúde (Sesau); Meio Ambiente (Semam); Operações Urbanas (Seurb); Desenvolvimento Econômico e Portuário (Sedep) e Defesa e Convivência Social (Sedecon).

O computador portátil exibe uma lista de cadastros mobiliários em um lote para seleção e agiliza o preenchimento da notificação sem necessidade de digitação de códigos ou nomes. Os dados fiscais dos contribuintes são apresentados na tela e podem ser processados em tempo real.

Por meio do tablet é possível a inserção de fotos digitais vinculadas à ocorrência, e a notificação pode ser encaminhada ao responsável por email, via WhatsApp ou impressa na hora, por meio de uma impressora portátil, reduzindo os custos com Correios.

Tudo sobre: