CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Mãe de gêmeas morre sem conhecer as filhas após contrair Covid no litoral de SP
Nathanny da Silva foi intubada logo após o parto de emergência e ficou três semanas na UTI
Por: Daniel Gois  -  17/04/21  -  19:04
Bebês nasceram de forma prematura e não puderam conhecer a mãe   Foto: Arquivo Pessoal

A jovem Nathanny Ribeiro da Silva, de 28 anos, que estava grávida de gêmeas em Guarujá, morreu nesta quinta-feira (15), sem conhecer as filhas. Infectada pela Covid-19, ela passou três semanas internadas em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Nathanny sentiu dificuldades para respirar no dia 22 de março, sendo levada para o hospital. Três dias depois, o parto foi realizado. Antes do procedimento, os médicos encontraram uma mancha no pulmão da jovem.


As gêmeas nasceram prematuras, pouco antes de Nathanny completar o sétimo mês de gravidez. Ela ficou intubada no Hospital Guilherme Álvaro, em Santos.


A irmã, Thaís Tenório Ribeiro, de 21 anos, conta que Nathanny tinha alterações na tireóide e contraiu o vírus dentro do hospital. O mesmo se desdobrou em uma pneumonia.


Bebês nasceram prematuras, pouco antes do 7º mês de gestação   Foto: Arquivo Pessoal

Além das recém-nascidas, a moradora do bairro Sítio Conceiçãozinha deixa outros dois filhos, de 5 e 6 anos. "A gente precisa ter força, porque são quatro crianças. Precisamos tirar forças de onde não temos. Estamos precisando de ajuda", desabafa a irmã.


Familiares e amigos deram início a uma arrecadação de produtos básicos, como alimentos e materiais de higiene, para ajudar as crianças.


Segundo Thaís, leite e fraldas são os produtos mais necessitados neste momento. Quem tiver interesse em ajudar pode entrar em contato com a irmã de Nathanny pelo telefone (13) 99763-8584.


Tudo sobre: