Guarujá intensifica fiscalização a embarcações e som abusivo

Ação visa garantir a segurança de munícipes e turistas

Por: De A Tribuna On-line  -  02/02/19  -  19:32
Ouvir música com o som nas alturas esteve entre o maior número de ocorrências
Ouvir música com o som nas alturas esteve entre o maior número de ocorrências   Foto: Divulgação/ PMG

Uma força-tarefa para fiscalizar possíveis abusos cometidos em Guarujá realizou, de dezembro a janeiro, mais de 800 vistorias a embarcações, atendeu 387 ocorrências de som abusivo, entre outras ações preventivas. Ouvir música com o som alto esteve entre o maior número de ocorrências. Nas áreas residenciais foram 155 ocorrências, no comércio 133, em veículos 51, na faixa arenosa 12 e em vias públicas 36.


As bicicletas na faixa de areia estiveram também na mira dos fiscais. Foram recolhidas ao pátio 65 bikes. A ação visa coibir que os veículos se tornem instrumentos para delitos e veículo de fuga para criminosos.


Segurança em terra e também na água


Um convênio firmado no ano passado entre Prefeitura e Marinha permitiu que os agentes fiscalizassem as atividades náuticas. Ainda na faixa arenosa, eles verificam a documentação das embarcações e dos condutores, bem como da observância das regras de tráfego aquaviário na orla marítima.


A fiscalização é realizada pelo Grupamento de Defesa Ambiental (GDA). De dezembro a janeiro foram realizadas 884 vistorias a embarcações. Destas, 37 estavam irregulares.


Confira o balanço:


Relatório de atendimento: 514


Boletins de ocorrência: 176


Som  abusivo: 387


Multa de trânsito: 328


Som apreendido: 37


Bicicletas recolhidas ao pátio: 65


Fiscalização náutica: 37 operações


Patrulhamento preventivo: 33


Ocorrências com animal: 48 chamados - 28 resgates


Embarcações vistoriadas: 884  - Embarcações irregulares: 37


Logo A Tribuna