EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Guarda municipal salva bebê engasgado em Guarujá

Mãe pediu auxílio para salvar a vida da filha, que estava desacordada. Criança está em estado de observação, mas passa bem

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarujá salvaram a vida de um bebê de sete meses, nesta quinta-feira (25). Segundo a prefeitura, a criança havia se engasgado devido a uma bronquiolite.

De acordo com a administração municipal, a mãe, Tereza Felix dos Santos, procurou ajuda junto aos guardas da barreira sanitária, na entrada do bairro Morrinhos. Chegando ao veículo, que estava estacionado na rua, foi constatado que a bebê já estava desacordada. A mãe contou também com o auxílio de moradores até a chegada dos agentes municipais.

A guarda Sheyenne Mellany iniciou os procedimentos de primeiros socorros para a desobstrução das vias respiratórias. Logo em seguida, mãe e filha foram conduzidas para a Unidade de Pronto Atendimento Dr. Matheus Santa Maria, conhecida como  PAM Rodoviária. Viaturas da GCM, e também da Polícia Militar foram na frente, abrindo caminho.

Durante o trajeto, a guarda Mellany continuou com as tentativas de reanimação da criança. “Por meio de manobras de salvamento consegui sugar o que estava obstruindo as vias respiratórias e a criança começou a chorar. Uma sensação indescritível poder sentir a criança respirando novamente”, revelou a agente. O bebê foi atendido na UPA. Ele está em estado de observação, mas passa bem.

Guarda Sheyenne Mellany e a bebê após o salvamento (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá)
Tudo sobre: