Baleia rara encontrada morta em Guarujá passa por necrópsia

Ação foi realizada pelo Instituto Gremar nesta segunda-feira (26)

A baleia encontrada morta na praia da Enseada, em Guarujá, na tarde deste domingo (25) passou por necrópsia nesta segunda-feira (26), realizada por uma equipe do Instituto Gremar. Trata-se de uma baleia-de-bryde, espécie rara na região.

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

De acordo com os especialistas, o animal é um adulto, macho, de aproximadamente 13,5 metros de comprimento, pesando cerca de 10 toneladas. Ele já estava em avançado estado de decomposição e estava abaixo do peso ideal, o que indica prováveis complicações em seu estado de saúde, a serem identificadas após a análise das amostras colhidas. 

As baleias-de-bryde não estão atualmente na lista de espécies em extinção, mas estudos indicam que sua população global tem diminuído nos últimos anos.

Os banhistas acionaram o Instituto quando avistaram a baleia encalhada na beira do mar no fim de semana. A equipe foi até o local, mas por conta das condições da maré, não foi possível realizar o exame, que foi feito nesta segunda. Para acionar o serviço de resgate de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, vivos debilitados ou mortos, entre em contato pelos telefones 0800 642 3341 ou (13) 99711 4120

Segundo caso

É o segundo animal desta espécie que encalha no mesmo trecho, que é monitorado pelo Instituto Gremar pelo PMP-BS, durante o mês de outubro. O primeiro caso aconteceu no dia 1º, na Praia do Pernambuco, também em Guarujá. Na ocasião, tratava-se de uma fêmea, adulta, com aproximadamente 9 toneladas e 14m de comprimento.

Tudo sobre: