Governo de SP paga sexta parcela do programa Merenda em Casa para estudantes da Baixada Santista

Iniciativa beneficia 23,5 mil alunos da rede pública na região. Valor-base é de R$ 55 mensais para compra de alimentos

O Governo de São Paulo iniciou, na segunda-feira (14)m o pagamento da sexta parcela do programa Merenda em Casa para 23,5 mil alunos da região da Baixada Santista. No total, em todo o estado, mais de 770 mil estudantes recebem o subsídio no valor de R$ 55 reais para a compra de alimentos.  

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

Assim como nos meses anteriores, o pagamento será feito por meio do aplicativo PicPay, que pode ser usado em qualquer smartphone. Entretanto, os beneficiários que já receberam o subsídio nos meses anteriores, e portanto, fizeram cadastro e validaram a identidade, não precisam repetir o trâmite, pois o pagamento vai cair automaticamente.   

“Ao pagar a sexta parcela do programa, mantemos nosso compromisso e dar assistência às famílias mais vulneráveis neste período tão complicado que enfrentamos”, afirma o secretário da Educação Rossieli Soares.    

O repasse é subsidiado integralmente pelo governo estadual. No total, durante os seis meses em que as atividades presenciais na rede estadual ficaram suspensas, o Governo investiu R$ 226 milhões para o pagamento desse benefício.   

Critérios

Para ter acesso ao benefício não é necessário ter conta bancária ou cartão de crédito. É possível sacar o dinheiro em um caixa eletrônico da rede 24Horas e transferir o valor para outras contas, sem taxa adicional.    

Os beneficiários poderão fazer pagamentos por meio do celular em mais de 2,5 milhões de estabelecimentos que aceitam PicPay. As lojas são identificadas por placas com o QR Code do aplicativo ou no próprio sistema de buscas da ferramenta digital. 

Tudo sobre: