Prefeitos da região cobram participação de deputados eleitos

Chefes de Executivo da Baixada Santista esperam atuação intensa dos novos parlamentares federais Rosana Valle e Júnior Bozella

Por: Maurício Martins  -  03/02/19  -  19:22
  Foto: Alexsander Ferraz / AT

Mais recursos do Governo Federal, principalmente para saúde, mobilidade urbana e habitação na região. E investimentos em projetos que há anos esperam verbas da União, como a obra viária da entrada de Santos. Essas cobranças, agora,também estarão sob responsabilidade de dois novatos em Brasília: os deputados federais Rosana Valle (PSB) e Júnior Bozzella (PSL).Eles tomaram posse na sexta-feira e terão o papel de representar a Baixada Santista no Congresso Nacional.


Os prefeitos da região estão otimistas com os novos parlamentares e esperam uma atuação forte em favor das nove cidades.


“Estive com os dois durante a semana tratando de temas de interesse da Cidade com o Governo Federal, como a descentralização da gestão portuária, que é relevante para o Município. Também falamos sobre a participação da União no custeio do (Hospital dos) Estivadores e outras parcerias que estão em andamento”, diz o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).


Barbosa destaca que a saúde é sempre prioridade e o grande desafio. “A reunião foi muito positiva. Vamos trabalhar em conjunto com ambos. Eles se colocaram à disposição para atuar de acordo com as necessidades da Cidade”, afirma o prefeito.


O chefe do Executivo de Guarujá, Válter Suman (PSB), explica que, entre as principais bandeiras da Cidade, está “deixarmos de ser a margem esquerda do Porto de Santos para sermos, definitivamente, o Porto de Guarujá”. Cobra ainda finalização da segunda fase da Av. Perimetral, que requer entendimentos no Ministério do Desenvolvimento Regional.


“Estamos aguardando o devido encaminhamento para o início dessa obra, que será de fundamental importância para nossa Cidade. Esperamos também apoio perante ministérios e secretarias nas mais variadas políticas públicas, em especial na saúde, na educação e na segurança”, cita.


Proximidade


Para o prefeito de Bertioga, Caio Matheus (PSDB), Rosana Valle e Júnior Bozzella “têm um carinho muito grande” pelo Município e uma relação próxima com a Baixada Santista.


“A população os conhece bem e reconhece a importância da representação deles na defesa dos interesses da nossa Cidade em Brasília. A expectativa é que eles busquem repasses com os ministérios, em especial das Cidades (atual Desenvolvimento Regional) e da Saúde”.


O prefeito de São Vicente e atual presidente do Conselho de Desenvolvimento da Baixada (Condesb), Pedro Gouvêa (MDB), já esteve reunido com os deputados eleitos. Recebidos no gabinete, ambos se puseram à disposição. “Repassamos para eles as nossas necessidades, principalmente aquelas voltadas às melhorias nos repasses para Saúde e Infraestrutura. Também falamos sobre emendas que eles possam trazer para os municípios.”


O prefeito de Cubatão, Ademário Oliveira (PSDB), declara ter como prioridades habitação e urbanização. Espera que os deputados ajudem a Cidade a ser incluída em programas e receber verbas do Governo Federal.


“Com as vilas Esperança e dos Pescadores, Cubatão tem 60 mil pessoas morando em palafitas. Isso compromete a balneabilidade de toda a Baixada Santista e se torna algo regional. Precisamos de projetos habitacionais para melhorar a qualidade de vida das pessoas e a questão ambiental”,aponta.


Alberto Mourão (PSDB), de Praia Grande, licenciado do cargo até quarta-feira, não falou com A Tribuna. Mas, em nota, a assessoria disse que, “ao longo dos últimos anos, o chefe do Executivo praia grandense tem buscado atuar em conjunto com deputados estaduais e federais da região buscando soluções para questões relativas ao Município e a Baixada Santista. A postura de trabalho será mantida”.
 


Logo A Tribuna