Iluminação da orla de Santos passará por reparos a partir de segunda-feira

O custo dos serviços será de pouco mais de R$ 3,2 milhões, segundo a Prefeitura

Por: Cássio Lyra  -  09/01/22  -  07:41
Há trechos sem luz em vários postes da orla de Santos
Há trechos sem luz em vários postes da orla de Santos   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

A Prefeitura de Santos inicia na segunda-feira (10) os serviços para restabelecer a iluminação em trechos da orla da Cidade com escuridão em razão de furtos da fiação elétrica. Um contrato foi firmado em caráter emergencial pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos com a empresa Fortnot Desenvolvimento Ambiental e Urbano e terá duração de três meses.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Os serviços de recomposição da rede elétrica vão acontecer no trecho da ciclovia entre a divisa com São Vicente e o Canal 2; toda a extensão do jardim da orla e o calçadão próximo à faixa de areia entre os canais 3 e 6. O contrato, em caráter emergencial, foi assinado na quarta-feira (5) passada. O custo dos serviços será de pouco mais de R$ 3,2 milhões.


“Estávamos muito preocupados com a destruição da iluminação da praia devido aos furtos que aconteceram de março de 2021 até tempos recentes, o que deixou a praia totalmente às escuras em alguns momentos. Resgatar a iluminação, para nós, foi visto como uma grande obrigação”, afirmou o secretário de Serviços Públicos de Santos, Wagner Ramos.


Como será
Conforme explicado pelo engenheiro Paulo Aguina, que é o gestor da iluminação pública de Santos, os serviços de recuperação da parte da fiação elétrica ocorrerão de forma simultânea em todos os trechos. Ele estima que a parte do calçadão entre os canais 3 e 6 terá uma demanda maior de tempo.


“Nós vamos envelopar a tubulação, para evitar novas ocorrências de furto, e vai ser preciso cavar a área do jardim. Estaremos fazendo a abertura de vala da grama, em frente ao calçadão, para colocar uma tubulação de no mínimo 60 cm de profundidade e concretada. Esse é um serviço que, vamos dizer assim, demanda mais tempo e será um pouco mais demorado”.


Apesar da divisão dos trechos na extensão da orla, a expectativa é que a iluminação já comece a ser restabelecida durante os trabalhos de recuperação e restauração da rede elétrica ao longo dos três meses.


Segurança
Conforme já divulgado pela Prefeitura, o motivo da escuridão se deu pelas diversas ocorrências de furto da fiação elétrica na orla da cidade. Wagner Ramos disse que o assunto foi discutido por muitas vezes junto com o gabinete do prefeito Rogério Santos (PSDB) e com o secretário de Segurança Pública, Sérgio Del Bel.


“Estamos com uma primeira atitude, que foi a de concretar as caixas de força, não somente da praia, mas em toda a cidade, pois os furtos estão acontecendo em escolas, viadutos. Além disso, estamos envelopando os dutos subterrâneos em concreto. A segunda atitude tem a ver com o aumento da segurança na orla. Já tivemos várias reuniões com o secretário de Segurança e teremos uma pessoa da minha secretaria que estará no Centro de Controle Operacional (CCO) que faz o monitoramento da cidade via câmeras", relatou Ramos.


Futuro
Segundo Aguina, já há discussões sobre melhorias da iluminação pública. “Temos em paralelo um outro projeto que está em andamento para trocar toda a iluminação atual. É uma questão visando melhorias. Pretendemos trocar tudo para LED e o assunto já está em discussão”.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna