Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Frente fria traz chuvas e ventos fortes para o fim de semana na Baixada Santista

Ventos devem chegar até 80 km/h; mar ficará agitado, com ondas com alturas superiores a dois metros

Por: Da Redação  -  05/02/21  -  15:23
Céu aberto e sol que marcaram feriadão darão lugar à nebulosidade, segundo previsão
Céu aberto e sol que marcaram feriadão darão lugar à nebulosidade, segundo previsão   Foto: Ivair Vieira Junnior/AT

Uma frente fria deve trazer chuva e ventos fortes para a Baixada Santista. Os efeitos desse fenômeno poderão ser sentidos com intensidade a partir desta sexta-feira (5), quando ocorrerão chuvas intensas e ventos de até 80 km/h. A temperatura máxima não deve ultrapassar a marca de 26°C, uma queda de 10°C em relação a quinta-feira (4), quando chegou a 36°C.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A probabilidade de chuva para esta sexta-feira (5) é de 80%. No final de semana, ela cai para 60% sábado e 40% no domingo, além disso, nos dois dias a temperatura mínima será 22º e a máxima 27º. O volume de chuva esperado para todo o fim de semana varia de 25 a 60 milímetros. A Prefeitura de Santos informou que o mar ficará agitado, com ondas com alturas superioras a dois metros. Não há previsão de impactos à parte urbana da Cidade.


De acordo com a climatologista Angela Munhoz, a frente fria vai perder um pouco de força quando chegar ao Litoral Paulista e não ficará por muito tempo na região. Ainda assim, será suficiente para mudar o clima. “Já no sábado a frente fria irá ao Rio de Janeiro e Espírito Santo. A Baixada vai ficar com muita nebulosidade, podendo ter chuvas”.


Segundo Angela, as temperaturas vão continuar mais amenas por alguns dias, diminuindo a sensação de abafado que tem marcado o início de fevereiro na região. “No domingo, o sol vai voltar a aparecer no Litoral Paulista, mas temperaturas vão continuar amenas”.


Consumo


Com o clima mais quente nas últimas semanas, a Sabesp registrou em janeiro deste ano um aumento de 11,9% no consumo de água na Baixada Santista, na comparação de dezembro de 2020.


Ainda assim, a empresa informa trabalhar “continuamente para garantir os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário”. Só entre janeiro e setembro de 2020, foram investidos R$ 446,9 milhões na infraestrutura de saneamento da região.


Logo A Tribuna