Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Chuva intensa atinge Baixada Santista, um ano após deslizamentos na região; VÍDEO

Defesa Civil emitiu alerta para Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande e Mongaguá

Por: Por ATribuna.com.br  -  04/03/21  -  00:33
Atualizado em 04/03/21 - 00:35

A Baixada Santista registra chuva intensa na noite desta quarta-feira (3), após um ano da tragédia de deslizamentos em morros que causou a morte de 45 pessoas da região.  


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Cidades apresentam diferentes pontos de alagamento e a Defesa Civil já emitiu um alerta sobre raios e forte chuva em Bertioga, Santos, Guarujá, Praia Grande e Mongaguá. A recomendação é para que a população procure abrigo. 


Segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), estações pluviométricas espalhadas pela região registraram níveis consideráveis do acumulado de chuva nas últimas 4 horas. Na estação posicionada no Centro de Mongaguá, por exemplo, o aparelho registrou o acumulado de 64.8 mm.


Segundo a Defesa Civil de Santos, os morros estão em estado de observação. De acordo com a CET-Santos, devido a alagamento em vias, há bloqueio nos dois sentidos da Av. N. S. de Fátima, nas proximidades da Rua Ana Santos. O trânsito no sentido  Santos/São Vicente foi desviado para a Av. Bandeirante. No sentido oposto, há desvio para a R. Júlia Ferreira de Carvalho. Também apresentam alagamentos as Av. Martins Fontes (bairro/centro), entre Rua Flamínio Levy e R. Pio XII com a pista local intransitável para veículos de pequeno porte. Neste momento, o fluxo de veículos está bloqueado na Praça Washington por causa de alagamento.


Em bairros como a Vila Belmiro, Macuco, Pompéia e Boqueirão a energia chegou a cair, mas retornou pouco tempo depois. No Jardim Castelo, quatro pessoas foram resgatadas por um bote da equipe de Bombeiros, após ficarem ilhadas, dentro de carro, Rua Doutor Flôr Horácio Ciryllo.



A Sede da Delegacia da Mulher, em Santos, que fica o bairro Gonzaga, na rua Assis Corrêa, 50 foi castigada pelas fortes chuvas da noite desta quarta-feira (3). A água caía pelo teto e se juntava com a que subia pela rua, deixando as salas alagadas. Foi preciso que a equipe desligasse os equipamentos e a energia, e partisse para retirar a água. 


Aos poucos o nível da água da chuva baixou na via, e a água foi retirada. No sétimo Distrito Policial, que é anexo à Delegacia da Mulher, não houve registro de alagamentos.



Motoristas enfrentaram dificuldades para atravessar em algumas vias de Guarujá após a chuva da noite desta quarta-feira. De acordo com o Cemaden, nas últimas 4 horas, choveu o acumulado de 48.4 mm na cidade.



Em Praia Grande, moradores confirmaram alagamento no bairro Jardim Princesa, Ocian e nas proximidades da Avenida Presidente Kennedy, na Guilhermina, onde houve congestionamento de carros também. Na orla, motoristas também tiveram que lidar com alagamentos (como no vídeo de abertura da matéria).


Segundo o Corpo de Bombeiros, um carro pegou fogo, na Av. Presidente Kennedy, próximo do Atacadão. 



Já em São Vicente, as ruas do Gonzaguinha também ficaram alagadas e houve queda de energia. Na Avenida Dr. Alcides de Araújo, a água tomou conta da via e trouxe transtornos para motoristas e pedestres.



Logo A Tribuna