Vazamento de gás em refinaria gera fumaça amarelada e causa preocupação em Cubatão; vídeo

Fumaça assustou moradores da cidade e provocou correria na Refinaria Presidente Bernardes

Um vazamento na Refinaria Presidente Bernardes, em Cubatão, causou preocupação aos moradores locais na manhã desta quarta-feira (15). A fumaça, em tom amarelado, surgiu em função de um problema no catalisador na área da Petrobras. Segundo a prefeitura, o Corpo de Bombeiros não precisou ser acionado. Não há registro de feridos.

Segundo informado pelo Sindipetro, o incidente entra no contexto de emergência e os trabalhadores que se encontravam no local precisaram ser retirados imediatamente. Até o fechamento desta reportagem, porém, ainda não havia uma certeza sobre os gases que foram vazados do local.

Não houve danos às pessoas e às instalações. A refinaria segue operando normalmente (Foto: Divulgação)

Em nota, o Sindipetro informou que está acompanhando a situação de emergência. "Entendemos que, diante deste cenário, de emergência é necessário implantar as medidas de mitigação previstas na análise de risco da unidade e portanto os trabalhadores que se encontram na área devem ser retirados imediatamente. Não somente os da unidade em emergência, mas todos aqueles que estão dentro do raio de ação para uma possível explosão do reator da UFCC ou da caldeira de CO".

Fumaça de cor amarelada assustou moradores de Cubatão (Foto: Divulgação)

Segundo apurado por ATribuna.com.br, os gases dissipados através da chaminé da caldeira são compostos de hidrocarbonetos. A orientação é que as pessoas evitem inalar e se afastem das áreas próximas a refinaria para não terem contato com o produto.

Petrobras

A Petrobras informa que nesta quarta-feira (15), por volta das 10h20, houve emissão de fumaça em uma unidade da Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão (RPBC). A unidade onde houve a ocorrência, que foi prontamente controlada, foi paralisada preventivamente. Não houve danos às pessoas e às instalações. A refinaria segue operando normalmente. As causas da ocorrência serão apuradas.

Após se dissipar, fumaça tornou-se acinzentada (Foto: Carlos Nogueira/AT)
Tudo sobre: