Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Prefeitura de Cubatão cadastra famílias da Vila dos Pescadores

Levantamento deve ser concluído em até três meses. As informações servirão de base para o planejamento de políticas públicas para o núcleo

Por: Por ATribuna.com.br  -  24/02/21  -  20:50
Cadastramento contribui para melhoramento de planejamento para o local
Cadastramento contribui para melhoramento de planejamento para o local   Foto: Thiego Barbosa/PMC

A Prefeitura de Cubatão inicia nesta quinta-feira (25), a atualização cadastral das famílias que residem no núcleo Vila dos Pescadores. No último levantamento, realizado em 2006, foram identificadas 3 mil moradias. A diretora de Desenvolvimento Comunitário, Lucimeire de Mendonça Silva, estima que, atualmente, este número deve ter aumentado para 4 mil imóveis, onde vivem cerca de 12 mil pessoas. As informações servirão de base para o planejamento de políticas públicas para o núcleo.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A atualização cadastral, dividida em duas fases, será realizada pela empresa Painel Pesquisas e Consultoria. Na primeira etapa, o núcleo será mapeado a partir de imagens captadas por drone. Engenheiros analisarão os dados, com a identificação das moradias e vias de acesso, o que deve ser concluído no prazo de 20 dias.


Na segunda fase, com duração de cerca de dois meses, o núcleo receberá a visita de pesquisadores. Munidos de tablets e devidamente uniformizados, os agentes cadastrarão as famílias. “Espero que os moradores atendam os pesquisadores. Eles seguirão os protocolos sanitários de prevenção à Covid”, afirmou Lucimeire. “Para a Prefeitura fazer o melhor para a comunidade, é preciso conhecer”.


Ela detalhou que as informações coletadas nas visitas domiciliares servirão de base para o planejamento de políticas públicas para o núcleo. “O levantamento inclui até mesmo o número de animais de estimação em cada residência”.


Os responsáveis pelas famílias que não forem localizados durante a ação dos pesquisadores devem recorrer ao plantonista que permanecerá na Unidade Municipal de Educação Pará, na entrada do núcleo. No plantão será possível atualizar o cadastro e também esclarecer dúvidas. Os responsáveis devem portar documento de identidade (RG e CPF) e um comprovante de residente (conta de água ou luz).


Logo A Tribuna