Menino que juntava latinhas por videogame ganha aparelho em Cubatão: 'Pulava de alegria'

Família tentou ajudar na arrecadação com uma vaquinha, mas Felipe acabou ganhando o aparelho de uma loja da região

O jovem morador de Cubatão Felipe Mendes Pereira, de 7 anos, que juntava latas de alumínio para poder trocar por um videogame ganhou o tão sonhado objeto na última quarta-feira (20). A história do menino comoveu a web, dentre eles Jean Felipe, dono de uma loja de equipamentos eletrônicos online, que doou o videogame ao menino. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

A mãe de Felipe, Anny Mendes Pereira, conta que fez uma uma surpresa para o garoto que abriu o pacote do presente com o irmão mais novo. "Ele pulava de alegria. Ficou todo feliz! Ainda ganhou um monte de jogo, aí ficou mais feliz ainda, brinca a mãe", brinca a mãe. 

Felipe começou a juntar as latinhas há cerca de três meses, quando sua tia - que coleta latas de alumínio - disse que o material dava dinheiro. Como a família não tinha condições de comprar o videogame, ele decidiu pegar latinhas pelo bairro e depois vendê-las para arrecadar o dinheiro necessário para comprar o equipamento. Além disso, a família fez uma vaquinha para tentar ajudar. 

>>Menino junta latinhas para realizar o sonho de comprar videogame em Cubatão

Após saber da história do menino, o comerciante de Praia Grande Jean Felipe, que possui uma loja de artigos eletrônicos online, decidiu doar um equipamento seminovo.

"Assim que vi a reportagem tocou meu coração, porque demorei muito para ter meu primeiro vídeo game. Também venho de família humilde e achei linda a atitude dele, mas criança tem que ser criança, poder brincar e não ter responsabilidade como adulto. Graças ao bom Deus hoje em dia tenho condições e também tenho filho, posso dar tudo que ele quer, mas porque não ajudar ao próximo? Sigo a ideologia básica que, se não pudemos mudar o mundo, podemos mudar o mundo de algumas pessoas, e se mais pessoas aderirem à ideia, aí sim podemos mudar o restante", relata Jean.

Felipe usará o dinheiro do videogame para fazer uma festa de aniversário (Foto: Divulgação)

O proprietário do e-comerce.também conta que além de conseguir o videogame, arranjou uma quantidade em dinheiro que foi revertida em mantimentos para a família.

Agora, Felipe não precisará mais coletar as latinhas, mas mesmo ganhando o videogame, Anny acredita que o filho tenha aprendido o real significado de trabalho duro. Com o dinheiro das latinhas e da vaquinha, a família tentará realizar uma festa de aniversário em fevereiro para Felipe. 

Tudo sobre: