EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

24 de Fevereiro de 2020

Cetesb multa Petrobras por vazamento de fumaça amarelada poluente em Cubatão

Vazamento de produto químico ocorreu em 15 de janeiro e preocupou trabalhadores e moradores da cidade

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) multou em R$ 510 mil a Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), em Cubatão, por emissão de poluentes na atmosfera. O problema aconteceu no dia 15 de janeiro, quando uma fumaça amarelada assustou moradores e trabalhadores da cidade.

Segundo a Petrobras, o problema operacional ocorreu na Unidade de Craqueamento Catalítico Fluído. Devido a falha do sistema, foi lançada pela chaminé da unidade UFCC grande quantidade de material particulado, hidrocarbonetos e compostos de enxofre e amônia.

No dia do ocorrido, foram acionadas equipes do Corpo de Bombeiros e técnicos da Cetesb de Cubatão, que se dirigiram à refinaria para investigar o caso.

Em nota, a Cetesb informou que a RPBC terá de apresentar em 30 dias um relatório apontando as causas do acidente e um plano com cronograma definido para instalação de sensores para detecção de substâncias odoríferas na atmosfera.

Em 45 dias, a empresa deve entregar um segundo relatório com avaliação e análise de eventuais paradas de emergência na unidade e medidas de controle para se evitar novos episódios como esse.

A Petrobras informou que recebeu o auto de infração, que encontra-se em avaliação. Em relação à ocorrência, a empresa reafirma que foi prontamente controlada, sem danos às pessoas e às instalações, e as causas seguem em análise.

Tudo sobre: