EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Acordo de cooperação transfere moradores da Vila Noel para Jardim Costa e Silva em Cubatão

Documento, assinado entre a Secretaria de Habitação de Cubatão e o Rotary Clube do Jardim, visa desenvolver ações sociais junto a 180 famílias da comunidade

Um acordo de cooperação foi firmado entre a Secretaria de Habitação de Cubatão e o Rotary Clube do Jardim Casqueiro para desenvolver ações sociais junto a 180 famílias da Vila Noel. A comunidade será transferida para o conjunto habitacional construído em área do Centro Social Urbano (CSU), no Jardim Costa e Silva, pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado (CDHU).

De acordo com a administração municipal, a assinatura do documento aconteceu na quinta-feira (19), no Jardim Casqueiro. O objetivo do acordo de cooperação, segundo a secretária, é dar maior amplitude à ação social junto às 180 famílias que passarão por uma mudança radical quando tiverem de sair da Vila Noel para um conjunto de apartamentos na área central da cidade.

Estiveram presentes o prefeito de Cubatão, Ademário Oliveira (PSDB), a secretaria Municipal de Habitação, Andréa Castro, o presidente do Rotary do Jardim Casqueiro, Thiago Rodrigues, o presidente do Distrito 4420 do Rotary, Adriano Valente e lideranças da Vila Noel.

“O trabalho social desenvolvido pela CDHU com as  famílias que vão morar nos núcleos que constrói é pragmático e rápido, limitando-se aos seis meses antes da mudança e seis meses após. A Prefeitura amplia essa atuação por mais tempo e insere novos conceitos”, explicou Andréa.

As ações sociais foram organizadas em forma de cursos voltados principalmente para o núcleo familiar. Entre eles: família dos novos tempos, com enfoque no combate à violência doméstica, urbana e enfrentamento de preconceitos; família e escola;  prevenção ao alcoolismo, educação ambiental, educação patrimonial ( para melhor uso do espaço construído) ; noções de Direito Civil, educação financeira e orçamento familiar.

A prefeitura ainda afirma que haverá cursos de empreendedorismo, destinados a estimular e orientar os moradores quanto à criação e gestão de empresas. O trabalho de organização e adaptação das famílias ao novo núcleo residencial será intensificado, sendo focado na mobilização e organização da comunidade. Os moradores serão orientados sobre como formar a associação de moradores e como administrar os condomínios.

Tudo sobre: