Cidades da Baixada Santista receberão R$ 3,9 milhões para obras turísticas

Montante foi liberado no mês de agosto por meio do Dadetur e vai beneficiar São Vicente, Guarujá, Itanhaém, Peruíbe e Bertioga

As ações de fomento às atividades turísticas de cinco cidades da Baixada Santista receberão o reforço de R$ 3,9 milhões. O montante foi liberado pelo Estado de São Paulo, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur). E representam 17% do volume de verbas para projetos liberados pela pasta no mês de agostos. Os recursos beneficiarão atrações de São Vicente, Guarujá, Itanhaém, Peruíbe e Bertioga. 

De acordo com a Secretária Estadual de Turismo, responsável pelos repasses das verbas, os municípios da região tiveram seis projetos de interesses turísticos aprovados neste mês. Em São Vicente, o recurso será destinado à urbanização da Praia Itararé. Já Guarujá teve aval para revitalização do Píer do Pereque e reestruturação do calçadão da orla. 

No litoral Sul, Itanhaém receberá recursos para a reurbanização de pontos de interesse turístico. Peruíbe usará a verba estadual para a urbanização da orla. Bertioga pretende fazer a requalificação urbana.  

“A continuidade das obras preserva empregos locais e deixa os destinos mais bem preparados para o retorno dos visitantes”, explica o secretário Estadual de Turismo, Vinicius Lummertz.  

São Paulo tem 70 municípios considerados estâncias e outros 140 classificados como de interesse turístico. Neste mês, a pasta liberou em agosto R$ 23,1 milhões para a melhoria da infraestrutura turística e obras que estão em execução em 59 estâncias e municípios de interesse turístico. Em 2020 o Estado repassou R$ 125 milhões, pelo Dadetur, para 150 municípios. 

Tudo sobre: