EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

20 de Novembro de 2019

Campanhas estimulam mamografia nas cidades da Baixada Santista

Outubro Rosa destaca importância do exame

No Outubro Rosa, uma das preocupações que devem fazer parte da vida das mulheres é a atenção aos exames que ajudam a detectar o câncer de mama de forma precoce. Para tanto, há os mutirões para realização da mamografia. 

Na Baixada Santista, há muitas cidades mobilizadas para facilitar o acesso. Em Santos, há a Unidade Móvel de Mamografia, um caminhão que está estacionado em frente à Prefeitura (Praça Mauá, Centro).  

Sem agenda 

Os exames são feitos sem agendamento. De manhã, são atendidas mulheres entre 50 e 69 anos que não fizeram o exame nos últimos dois anos, independentemente do município onde residam. São distribuídas 11 senhas diárias para essa etapa. 

“Se eu tenho uma imagem de um nódulo com três milímetros, meio centímetro, tenho 95% de chance de cura. Se ele estiver com oito milímetros ou menos de 1 centímetro, a chance cai para 90%”, explica o presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia. 

Mas, segundo ele, se os exames ajudam na detecção precoce, as autoridades precisam também se preparar para atender os casos. “Essas mulheres precisarão de cirurgias, radioterapia, quimioterapia de forma rápida. E, muitas vezes, não é isso o que acontece”. 

Nas cidades 

>Bertioga 

Não tem fila de espera. 

Estão agendados mais de 220 exames nas próximas semanas.  

Quem quiser solicitar o procedimento, deve procurar uma unidade de saúde: 

USF Boraceia (Rua Vereador Geraldo Rodrigues Montemor, s/nº) 

UBS Indaiá (Rua São Francisco do Sul, s/nº) 

UBS Maitinga (Rua Alberto Augusto de Andrade, s/nº) 

UBS Mirosam (Rua São Gonzalo, s/nº, Chácaras) 

UBS Vicente Carvalho II (Rua Epiphânio Baptista, 637, Jardim Vicente de Carvalho). 

>Cubatão 

É preciso agendar no Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Municipal (Av. Henry Borden, s/nº), das 7 às 19 horas. 

>Guarujá 

Não há fila de espera. 

Em novembro, recebe a Carreta de Mamografia. Não há data fechada. Porém, serão atendidas pacientes já pré-agendadas e que tenham encaminhamento médico.  

Para fazer a solicitação, é preciso passar por unidade de Atenção Básica, Unidade Básica (UBS) ou de Saúde da Família (Usafa). 

Às quintas, até o fim de outubro, as Usafas atenderão das 17 às 21 horas para a coleta de preventivo, orientações e solicitações de mamografia. 

>Itanhaém 

Não há fila de espera. A mamografia é realizada no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Praia Grande.  

É feito por encaminhamento da Unidade de Saúde de Referência (USF) do paciente. 

Quem tem entre 50 a 69 anos e não faz há dois anos pode agendar no 0800 779 0000 mesmo sem encaminhamento. 

>Mongaguá 

Não há fila de espera.  

Agendamento feito pelas unidades básicas de saúde e o prazo não passa de 15 dias. 

>Peruíbe 

Agendamento feito pela UBS ou pelo Programa Saúde da Família. 

São entre 60 e 80 procedimentos por mês no próprio Município, AME de Praia Grande ou Hospital Guilherme Álvaro.  

>Praia Grande 

Não há fila de espera; realização aproximadamente 15 dias após o agendamento. 

O pedido deve ser feito pelo médico da Unidade de Saúde da Família (Usafa) e o agendamento é feito pela Secretaria de Saúde. 

>Santos 

No Outubro Rosa, o exame poderá ser feito na Unidade Móvel de Mamografia, na Praça Mauá (Centro Histórico).  

O caminhão fica na Cidade até 30 de dezembro. 

O atendimento ocorre de segunda a sexta, das 9 às 12h.  

Não precisa encaminhamento, mas são atendidas até 11 mulheres de 50 a 69 anos que não fizeram o exame nos últimos dois anos. 

À tarde, das 13h às 16h, o exame é destinado a 10 santistas agendadas pela Central de Regulação de Vagas, incluindo mulheres com mais de 40 anos e exame clínico prévio com alteração. 

>São Vicente 

Mulheres de 50 a 69 anos podem procurar Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou Estratégias de Saúde da Família (ESF) para solicitar o exame.  

Não é preciso marcar consulta. 

As demais precisam de encaminhamento.  

Também será possível solicitar o exame dia 19, das 10h às 15h, na Praça Coronel Lopes. 

O mesmo poderá ser feito dia 31, das 9h às 13h, na Subprefeitura da Área Continental (Av. Deputado Ulisses Guimarães, 211, Jardim Rio Branco).  

O requisito é não ter feito o exame no último ano. 

Tudo sobre: