Técnica de enfermagem é a primeira pessoa a ser vacinada em Bertioga

Munícipio deu início a campanha de imunização nesta quarta-feira

A Prefeitura de Bertioga iniciou, nesta quarta-feira (20), a vacinação contra a covid-19. A primeira pessoa a ser imunizada foi a técnica de enfermagem Maria Madalena de Sousa Lucas, 58 anos. A munícipe trabalha há mais de 20 anos no Hospital Municipal, estando na linha de frente durante todo o período da pandemia. O ato foi transmitido nas redes sociais do prefeito Caio Matheus (PSDB).

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

“A vacina traz esperança a todos e fico emocionada por representar a Cidade, sendo a primeira a receber a dose, estou muito feliz”, disse Maria Madalena.

As primeiras 840 doses enviadas pelo Governo do Estado chegaram na noite de terça-feira (19). A quantidade de vacinas recebida é 47% menor do que a solicitada ao Governo do Estado para atender aos 1.591 profissionais da saúde, público-alvo desta primeira etapa da vacinação. Em razão disso, a imunização dos demais profissionais de saúde do município será a partir de segunda-feira (25) e ocorrerá gradativamente conforme o recebimento de novos lotes da vacina.

Todo o quantitativo recebido será disponibilizado para a aplicação da primeira dose ao grupo prioritário. A previsão é de que o Município receba novos lotes de vacina nos próximos dias. Como o Governo do Estado aderiu ao Plano Nacional de Imunização, o Município dependerá do envio de mais doses por parte do Governo Federal.Neste primeiro momento, atendendo à determinação do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo (GVE), além dos profissionais de saúde, serão vacinados os idosos que moram em clínica de repouso e os cuidadores que trabalham nesses locais. 

“A população deve ficar tranquila. Estamos trabalhando para garantir a imunização de toda a população. Pedimos que fiquem atentos ao calendário, pois a vacinação seguirá o cronograma estadual”, afirmou o secretário de Saúde, Valter Campoi.

Para o prefeito Caio Matheus "a chegada das vacinas é uma dose de esperança para a polução bertioguense". "A hora, agora, é de virar a mesa, virar o jogo", disse o prefeito durante a transmissão.

Para garantir a segurança, o local onde as vacinas estão armazenadas não será divulgado, e contará com monitoramento 24 horas por câmeras, além de agentes da Guarda Municipal e apoio da Polícia Militar.

Tudo sobre: