EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

26 de Março de 2019

Sem querer, bombeiros colocam fogo em batalhão da PM em Bertioga

Bombeiros tentavam usar chamas para extinguir colmeia que estava no telhado da unidade militar

Tendo como principal missão o combate a incêndios, entre outras não menos importantes, o Corpo de Bombeiros ateou fogo sem querer em uma unidade da Polícia Militar em Bertioga, ao extinguir uma colmeia.

Acionados pelo capitão Silva Júnior, comandante da 3ª Companhia do 21º BPM/I, os bombeiros usaram chamas para eliminar o criadouro de abelhas no telhado da unidade militar.

Porém, o fogo atingiu a manta térmica entre o telhado e a laje, alastrando-se rapidamente para a área externa da companhia. Nesse momento, as abelhas ficaram em segundo plano, porque a prioridade passou a ser debelar as chamas.

Segundo um policial lotado na companhia, que foi incumbido de relatar o ocorrido à equipe do delegado Marcello Marinho de Oliveira, na Delegacia de Bertioga, ninguém se feriu, e o incêndio não chegou a atingir o interior da unidade militar.

O incêndio ocorreu no fim da tarde de quarta-feira (20). A 3ª Companhia do 21º BPM/I está situada no Km 213 da Rodovia Dr. Manoel Hyppolito Rego (Rio-Santos), na Riviera de São Lourenço.