Fonte interativa de praça vira 'chuveirinho' e revolta moradores no litoral de SP

Banhistas, turistas e moradores em situação vulnerável são flagrados tomando banho na fonte

Local que simboliza a história e a emancipação de Bertioga, a praça dos Emancipadores virou cenário de 'banheiro público'. Moradores em situação de vulnerabilidade, turistas e demais banhistas têm usado a fonte interativa como um chuveirinho.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Entre o mês de dezembro do no passado até os primeiros dias de 2021, diversos flagrantes de pessoas dentro da fonte instalada na praça foram feitos.

ATribuna.com.br conversou com moradores do Jardim Albatroz - bairro em que fica a praça -, mas que preferiram não se identificar, afirmaram que a cena é muito frequente principalmente nos fins de semana.

Segundo os moradores, pessoas em situação de vulnerabilidade usam a fonte como um chuveiro, enquanto que banhistas, que deixam a praia da Enseada, que fica próximo a praça, usam a água da fonte como lavatório para pés, mãos, cadeiras e demais objetos.

Resposta

Em nota, a Prefeitura de Bertioga afirmou que tem atuado prontamente em defesa do patrimônio público, assim que constatada a ilegalidade, por meio de denúncias, câmeras de monitoramento ou durante as rondas.

A administração informou que, durante a temporada de verão, o uso indevido dos espaços públicos aumenta não somente na cidade, mas também em municipios da região.

A Praça dos Emancipadores, localizada no cruzamento entre as avenidas 19 de maio e Anchieta. O espaço contempla a construção de um monumento em homenagem à luta pela emancipação político-administrativa de Bertioga, espelho d’água, paisagismo e passeio público.

Prefeitura afirmou que muitas pessoas usam indevidante os espaços públicos na temporada de verão (Foto: Reprodução/Aconteceu em Bertioga)
Tudo sobre: