EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

12 de Novembro de 2019

Baleia de sete metros de comprimento é encontrada morta na praia de Guaratuba, em Bertioga

Segundo pesquisadores do Instituto Gremar, animal já estava em estado avançado de decomposição e, por esse motivo, não foi possível determinar sua espécie

Uma baleia foi encontrada encalhada nesta terça-feira (23), na praia de Guaratuba, em Bertioga. O mamífero, de sete metros de comprimento, já estava morto e em estado avançado de decomposição. Em razão disso, não foi possível saber qual a sua espécie.

Uma equipe do Instituto Gremar foi até o local para realizar os primeiros exames na baleia. Segundo os especialistas, tratava-se de uma fêmea adulta. Há suspeita inicial de que seja uma jubarte.

Os pesquisadores do Gremar coletaram amostras de gordura, músculo e pele para tentar realizar um exame genético. A ação na praia de Guaratuba contou com apoio do Departamento de Operações Ambientais (DOE) da Prefeitura de Bertioga, que depois auxiliou na destinação da baleia.

Segundo o Instituto, o período que corresponde entre os meses de julho e novembro é comum o avistamento de baleias jubarte em praias da Baixada Santista. Os mamíferos da espécie se deslocam da Antártida em direção à águas tropicais do litoral brasileiro para se reproduzir.

O Instituto Gremar realiza trabalhos de resgate de animais na orla das cidades da região por determinação da autoridade ambiental federal e engloba o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

Pesquisadores do Gremar estiveram no local onde a baleia foi encontrada (Foto: Divulgação/Instituto Gremar)
Tudo sobre: