EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

10 de Agosto de 2020

Baixada Santista ultrapassa marca de 15 mil casos de coronavírus

Em 24 horas, região somou 369 confirmações de casos da doença

A Baixada Santista ultrapassou os 15 mil casos confirmados de coronavírus neste domingo (14), – mesmo sem contar com os pacientes de Guarujá, já que a prefeitura não informou a atualização de dados das últimas 24 horas. Número de mortes na região chegou a 660.

Somadas as outras oito cidades da região com os dados até sábado de Guarujá, os positivos para a doença passaram de 14.698 para 15.067 em um dia, o que representa um aumento percentual de 2,5%. Só Santos puxou 85% desse índice.

O prefeito santista, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), em uma live em suas redes sociais, comentou o assunto. Explicou novamente que é justo a Cidade ter essa realidade mostrada.

Segundo ele, o número de confirmações em Santos é maior porque o município é um dos que mais está disponibilizando exames, até em comparação com outros países. Passam dos 44 mil.

Chamando de placar da vida, ele lembrou que 4.008 santistas estão recuperados da doença – que tem 3,4% de taxa de letalidade.

“Passamos dos 10% da população testada. É um dos maiores índices de testados do Brasil. Maior que o da Alemanha, da Espanha, do próprio Estados Unidos e um número mais de 20% maior que o da média do Brasil”.

Números

Dos 369 novos casos, 314 foram de santistas, 47 de munícipes de São Vicente, sete de moradores de Cubatão e um de Peruíbe. 

Com isso, no ranking de confirmados com a doença estão Santos com 6.354, seguida de Guarujá (2.866 até sábado), Praia Grande (2.510), São Vicente (1.434), Cubatão (1.417), Bertioga (207), Peruíbe (99), Itanhaém (97) e Mongaguá (83).

Entre as mortes confirmadas pela doença, somam agora 660 na região, duas a mais que sábado, ocorridas em Praia Grande e Cubatão - mas os detalhes dos pacientes não foram informados. 

No domingo, até o período da tarde, o número de pacientes suspeitos de portarem coronavírus subiu para 3.321: 124 a mais que no dia anterior. E agora são 75 mortes em investigação, três a mais.

No Estado de São Paulo já eram 178.202 casos confirmados e 10.694 óbitos pela doença. No Brasil, 867.882 pessoas que testaram positivo e 43.389 vítimas fatais.

 

Tudo sobre: