EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

15 de Agosto de 2020

Baixada Santista passa dos 28 mil casos de coronavírus e chega a 1.082 mortes

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 401 pessoas doentes e 12 óbitos na região

A Baixada Santista passou dos 28 mil casos de coronavírus e chegou a 1.082 mortes causadas pela doença. Nas últimas 24 horas, foram confirmados 401 pessoas doentes e 12 óbitos na região.

Santos teve o menor número de internados com sintomas da doença dos últimos dois meses, com 327 pessoas na rede hospitalar, Em 9 de maio, havia 326 internados. Entre os pacientes, 141 estão em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destinados aos casos mais graves.

A Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) de Santos recebeu quatro notificações de Covid-19 de munícipes que faleceram no período de seis dias (de 29 de junho a 4 de julho). São duas mulheres (80 e 87 anos) e dois homens (69 e 93 anos).
Agora, a Cidade registra 391 mortes pela covid-19 e outras 13 ainda estão em investigação.

Por outro lado, 6.034 pessoas já se recuperaram da doença (54,7% dos casos), sendo 673 delas após internação hospitalar.
Também foram registradas mortes em Cubatão (3), São Vicente (2), Guarujá (1), Itanhaém (1) e Praia Grande (1).

Guarujá recebeu 50 notificações de testes positivos para coronavírus também em 24h. O total de casos confirmados agora é de 4.405, dos quais 32 estão internados, 11 deles em UTI. A doença foi responsável por 203 mortes.

Leitos

Os 849 leitos para pacientes Covid-19, disponíveis nos hospitais públicos e privados, apresentam taxa de ocupação de 39%. Desses, 323 leitos são de UTI, os quais têm ocupação de 44%. Na rede privada, a taxa está em 60% e, no SUS, em 31%.

Tudo sobre: