Baixada Santista chega a 1.526 óbitos e 42.050 casos confirmados de Covid-19

São Vicente foi a única da cidade a confirmar óbitos em 24 horas. Seis mortes foram registradas no município neste sábado (8)

A Câmara Federal e o Senado decretaram, neste sábado (8), luto oficial de quatro dias. O motivo foi a chegada da marca 100 mil mortos por covid-19 no País. Ainda neste sábado, a Baixada Santista chegou a 1.526 óbitos e 42.050 casos confirmados da doença.

A única cidade da região a confirmar mortes em um período de 24 horas foi São Vicente: seis. O número de novos infectados aumentou 399, dos quais 312 em Santos.

Cidades tiveram movimentação, especialmente no comércio de rua e shoppings, com procura para compra de presentes para o Dia dos Pais, comemorado neste domingo (9).

Santos

A Prefeitura de Santos ainda destacou que o número de internações se manteve estável. A quantidade de pessoas com sintomas de covid-19 internadas na rede hospitalar apresentou redução de 0,4% nas últimas 24 horas. 

Na sexta-feira (7), havia 239 internados, e neste sábado (8), são 238. Destes, metade é de residentes de Santos (120 pacientes) e a outra parte (118) vem de outras cidades.

Do total de internados, 117 estão em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destinados aos casos mais graves, sendo a maioria de moradores de outras cidades: 65 pacientes (55,6%). Os munícipes de Santos correspondem a 44,4% (52 pacientes). 

A taxa de ocupação geral dos 771 leitos covid-19 disponíveis, entre hospitais públicos e privados, está em 31%. Nos 303 leitos de UTI, a taxa de ocupação é de 39%. Na rede privada, a taxa é de 54% e, no SUS, 29%.

Tudo sobre: