EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

7 de Julho de 2020

Agências da Caixa ainda registram fila sem distanciamento mínimo na Baixada Santista

Essa e outras medidas fazem parte de recomendação feita pelo Ministério Público Federal para evitar aglomeração nas unidades

As filas nas portas das agências da Caixa Econômica Federal parece não ter fim na Baixada Santista. Mesmo menores, a espera do lado de fora das unidades ainda foi grande nesta segunda-feira (4) e não havia distanciamento mínimo de dois metros sendo cumprido, conforme recomendação feita pelo Ministério Público, na semana passada, para evitar a proliferação de casos de coronavírus. A medida  prevê ainda fornecimento de álcool em gel, distribuição de senha e até agendamento de horário para atendimento.

O pagamento do auxílio emergencial e outras pendências têm tirado muita gente de casa rumo a uma unidade bancária. É o caso de  Guilherme Oliveira, 21 anos. Ele percorreu várias  entre São Vicente e Santos, em busca de atendimento em um local com menos movimento. Acabou optando pelo posto da Vila Mathias.

“Vi aglomeração em várias agências. Parei aqui porque tinha menos gente. Preciso ver o seguro-desemprego”.

O pintor Marcos Rosa, 36 anos, conta que também teve de ir a uma agência pela segunda vez. “Preciso de um cartão e só dava para resolver na agência. Enfrentei fila e aglomeração há 15 dias e acho que não está muito diferente hoje. Ninguém veio nos dar orientação”.

Situação semelhante passa a ajudante de serviços gerais Maria Auxiliadora Carvalho, 52 anos. “Preciso desbloquear o meu cartão e não consigo fazer por telefone. Tive de vir à agência. Mas não tem ninguém coordenando fila ou dando orientação”.

Resposta

Em nota, a Caixa informou que todas as agências da Baixada Santista contam com vigilante para auxílio na organização das filas externas e que as agências com maior movimento contam com dois vigilantes, além de empregados e recepcionistas.

A Caixa ainda ressaltou que buscou auxílio junto aos entes públicos para minimizar as ocorrências nas filas. O município de Mongaguá disponibilizará uma tenda na parte exterior da agência do município para comodidade e organização da espera dos clientes. Os municípios de Praia Grande, Guarujá e Bertioga disponibilizarão a Guarda Municipal para auxílio na organização das filas. Outras medidas estão em negociação com outros municípios da região.

Além disso, o banco disse que reforçou o protocolo de limpeza e higienização das unidades, priorizando a limpeza das superfícies de contato humano, portas de entrada, maçanetas e vidros do entorno, teclados dos caixas eletrônicos, balcões de caixa e estações de trabalho, cadeiras e longarinas dos clientes, portas dos banheiros, torneiras e aparelhos sanitários com periodicidade mínima de 6 vezes ao dia, além da disponibilização de álcool gel para empregados e clientes.

Tudo sobre: