EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

3 de Abril de 2020

A Tribuna, um dos mais antigos jornais do país, completa 126 anos

Com investimento forte para ampliar sua presença digital, já tem 100 mil internautas cadastrados

O jornal A Tribuna completa nesta quinta-feira (26) 126 anos, um dos mais antigos do país em circulação, e em fase de inovação e ampliação de seu espaço no universo digital.

Fundado em 26 de março de 1894, o jornal passou, ao longo das décadas, por inúmeras transformações, ampliações e ajustes em seu projeto gráfico. Nos últimos anos, vem investindo fortemente na ampliação de sua presença digital, tanto no site (www.atribuna.com.br), como nas redes sociais.

Na última terça-feira (24), A Tribuna chegou a 100 mil internautas cadastrados em seu portal.

Fundado em 26 de março de 1894, A Tribuna vem testemunhando fatos da região, do Brasil e do mundo (Foto: Silvio Luiz/AT)

Novidades

Algumas ações estão em curso no Grupo Tribuna para tornar o acesso mais facilitado ao leitor da Baixada Santista.

Desde o início do ano, todo o acervo do jornal está sendo digitalizado pela Biblioteca Nacional, do Rio de Janeiro. O término desse processo permitirá que o leitor acesse o jornal de qualquer período da história pelo site do portal. Essa é uma facilidade implantada em vários dos principais veículos de comunicação do mundo.

Além disso, a partir desta quinta, a versão impressa do jornal, que fica disponível no site de A Tribuna e no aplicativo, poderá ser acessada gratuitamente por dois meses, como degustação para novos leitores.
 
Credibilidade

O aniversário ocorre em um momento da história do Brasil em que a imprensa ganha mais visibilidade. A pandemia do coronavírus coloca os veículos de comunicação como a mais importante fonte de informação, prestação de serviços e esclarecimentos.

Na terça-feira, o Instituto Datafolha divulgou pesquisa em que mostra os jornais impressos e emissoras de televisão liderando os índices de confiança  sobre notícias do coronavírus. Jornais têm 56% de confiança; emissoras, 61%. Programas de rádio (50%), e sites de notícias (38%). 

Por fim, aparecem os conteúdos que vêm de WhatsApp e Facebook. Nas duas plataformas, apenas 12% dizem confiar em informações sobre o coronavírus. Nelas, o índice dos que dizem não confiar atinge 58% (WhatsApp) e 50% (Facebook).

Para o presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), Marcelo Rech, chegar a 126 anos é “um mérito para poucos”. “Quando se chega a essa marca, é porque estabeleceu uma relação de confiança, credibilidade e carinho com a sua população”. A ANJ reúne 100 jornais brasileiros.

Marcelo Rech destacou que chegar a 126 anos é “um mérito para poucos” (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Atuação digital

De olho na transformação do mercado, o Grupo Tribuna segue ampliando sua atuação em todas as plataformas digitais. Líder absoluto em audiência com seus sites, e com o maior engajamento social da Baixada Santista, a empresa tem investido forte no crescimento de suas marcas na grande rede. 

Desde o mês de janeiro, o site ATribuna.com.br passou a exigir um cadastro simples dos seus usuários. A medida objetiva conhecer melhor o perfil do usuário para produzir um conteúdo mais direcionado. Em menos de três meses, mais de 100 mil pessoas fizeram a inscrição para a navegação ilimitada.

De acordo com o diretor-presidente da TV Tribuna, Roberto Clemente Santini, a credibilidade do Grupo em todas as plataformas é responsável por esse resultado. “Chegar a 100 mil cadastros, em tão pouco tempo, é um marco. Isso mostra que o Grupo Tribuna está no caminho certo, acompanhando as novas tendências de divulgação de conteúdo na internet”.

Para atender a essa demanda, as equipes do jornal impresso e de Digital se uniram em janeiro para pensar e produzir novos tipos de conteúdo para as plataformas digitais. 

“As mudanças foram muito positivas. Buscamos que as equipes respirem o Digital e entendam a importância e o dinamismo da internet para o Grupo. Tivemos um crescimento de mais de 90% no número de usuários que acessam o site de A Tribuna nos últimos 12 meses. São mais de 3 milhões de pessoas diferentes, por mês, em média”, explica o gerente de Jornalismo Digital do Grupo, Alexandre Lopes.

Além de ATribuna.com.br, a equipe interage, diariamente, com cerca de 1,8 milhão de pessoas nas redes sociais. O grupo, inclusive, é o único meio de comunicação da região a ter forte presença em Facebook, Instagram e Twitter. Para os próximos meses, a expectativa é que a marca apareça em novas plataformas, como o Tik Tok. 

Assim como ATribuna.com.br, o G1 Santos, com média de mais de 20 milhões de Pageviews por mês no primeiro bimestre deste ano, segue em crescimento. Em 2019, o G1 sediado no Grupo Tribuna foi o mais acessado entre todas as afiliadas da Rede Globo no país. Neste ano, a história não tem sido diferente, e o G1 tem superado, mês a mês, seus próprios recordes.

Reflexões

“Estamos reforçando nossa presença digital, uma maneira rápida de saber dos acontecimentos locais, nacionais e internacionais. Mas levando para nosso portal a credibilidade e seriedade construídas nesses 126 anos. Fake news só prejudicam a informação”, disse Marcos Clemente Santini, diretor-presidente de A Tribuna.

“É um orgulho chegar aos 126 anos. Um marco histórico. Novos leitores estão chegando pelo site: em menos de três meses 100 mil internautas cadastrados, e isso nos deixa muito felizes porque é a marca A Tribuna presente no universo digital. Somos uma das poucas empresas da região com tantos anos de vida, e isso devo aos colaboradores de hoje e do passado, aos leitores, anunciantes, parceiros e amigos. Vida longa e próspera a todos”, disse Roberto Clemente Santini, diretor-presidente da TV Tribuna.

Segundo Flávia Clemente Santini, diretora de circulação, “As pesquisas sempre mostram que, apesar das fake news, ainda são os veículos profissionais que têm a confiança e a credibilidade do público. O jornal impresso conquistou essa confiança do nosso leitor, e é essa confiança que nos traz até aqui”.

“Muito orgulho de ver o grande serviço que todos os colaboradores estão fazendo nesse ano tão difícil! Sempre procurando passar a os leitores as notícias mais relevantes da melhor maneira possível”, disse Renata Clemente Santini, diretora de Marketing.

Roberto Clemente Santini, Marcos Clemente Santini, Renata Clemente Santini e Flávia Clemente Santini
Tudo sobre: