EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

19 de Novembro de 2018

Alexandre Lopes

É Editor-Chefe de Web no Grupo Tribuna e responsável pelo G1 no litoral de São Paulo. No grupo desde 2008, já participou de coberturas em mais de 15 países. Atualmente, além de coordenar os portais, também apresenta o G1 em 1 Minuto e é comentarista da TRI FM.

Peixão em Santos! E não é mentira...

'Peixe-Opah' é raríssimo e foi encontrado no litoral de São Paulo.

Que pescador gosta de contar uma boa história todo mundo já sabe. Hoje, quando o repórter Orion Pires, do G1, chegou na redação oferecendo uma pauta e, principalmente, mostrando a imagem que abre esse texto, pensei de cara: 'Fake News!'

A história é a seguinte: Um peixe gigante e extremamente raro foi fisgado a cerca de 240 quilômetros da costa do litoral de São Paulo. Em seguida, o animal, um tanto quanto exótico, foi levado para o 'Mercado do Peixe', na Ponta da Praia, em Santos, e chamou a atenção de todo mundo que passava pelo local.

Após muita apuração, descobrimos que se trata de um 'Peixe-Opah', o primeiro peixe de sangue totalmente quente conhecido pela ciência. Não é nada comum um animal desse porte dar as caras por aqui. Segundo especialistas, eles aparecem, de forma mais comum, nas águas do Havaí e da África Ocidental.

O 'Peixe-Opah' pode atingir 2 metros e pesar cerca de 270 kg. Segundo testemunhas, o animal fisgado em Santos tinha apenas 32 quilos, o que caracterizaria uma espécie ainda em crescimento. O dono da banca tentou ficar com o animal e chegou a oferecer R$ 200 para o rapaz, mas o pescador não aceitou e foi embora.

O que ele fez com o 'Peixe-Opah', porém, permanece sendo um mistério...