Geração Zapping: como conseguir estudar nessa era

Por: Martha Vergine  -  21/11/18  -  12:35
  Foto: Fonte:Canvas

Sabe aquele priminho da infância que cresceu com você e nunca mais encontrou na vida? Não precisa ter saudades! Com certeza, em uma busca rápida você vai encontrá-lo. E nem vá muito longe, basta dar uma pesquisada no seu celular!


O mesmo acontece com os amigos e amigas da escola.


O convívio não acabou com o fim das aulas. Se ficou sentindo falta, não esquenta! Todos eles estarão reunidos em grupos com acesso imediato para o resto da vida.


Sabe aquela música nostálgica que você tentava lembrar o cantor?


Relaxa! Não precisa ficar adivinhando com alguém. Vai demorar uma eternidade até conseguirem lembrar. Na palma da sua mão, você tem imediatamente a resposta.


Quer uma prova? Perca a vergonha e cante para ele.


Sim! Seusmartphoneestá sempre pronto para ouvi-lo(a).


Cante um trechinho da música para o aplicativo e ele vai mostrar em milésimos de segundos: quem é o cantor ou a cantora, a história da banda, a capa do disco e, se quiser aproveitar a promoção imperdível, poderá imediatamente fazer o download da música - ela será sua, sempre sua!


Que amigo ajudaria de forma tão rápida e com tanta eficiência?


Tudo, simplesmente tudo, está na palma da sua mão.


Você fica sabendo o que acontece no mundo ou com as pessoas do seu convívio a distância de um toque.


Algo acontece a 180º do globo terrestre e você recebe instantaneamente um aviso.


Até agora tudo parece muito bonito e romântico. Afinal, os mais ingênuos podem acreditar que estamos cada vez mais presentes na vida das pessoas, mais atualizados e conectados ao que acontece aqui e lá fora.


Porém,aff... por que sempre tem o “porém”?


Pesquisa realizada pela empresa Motorola e pela Ipsos verificou que 48% - sim, quase metade - dos brasileiros verifica seu celular c.o.m.p.u.l.s.i.v.a.m.e.n.t.e.


Pulando de notificação em notificação seguimos o dia.


A tal “bolinha vermelha” que nos persegue!


O aviso de mais uma mensagem noWhatsApp; mais um comentário na sua foto doFacebook; mais daquelas curtidas tão esperadas no seuInstagram; e acredite, tem até aquele novo e-mail que acabou de chegar.


E, realmente, achou que o e-mail havia morrido?


Não, aquela bolinha vermelha está te avisando que ainda tem gente usando o pré-histórico e-mail.


E, olha, alguém te mandou uma mensagem! Melhor ver agora, talvez seja algo importante...


Você sabe quantas vezes nós tocamos nossos smartphones diariamente?


O ranking abaixo, elaborado pelo Statista, mostra o tempo de uso médio do celular em 10 países com os índices mais altos do mundo.


Adivinha em que posição está o Brasil?



Pasme! O Brasil está em primeiríssimo lugar com4h48minde uso em média por dia. Émuuuuitotempo!


As funções desses aparelhos são atrativas demais, criadas, exclusivamente, para seduzir e hipnotizar seus usuários. E torna-se uma companhia perfeita para momentos de solidão.


Solidão? Opa, o que é isso?


Quem tem acesso a um smartphone não fica sozinho, jamais!


Doce ilusão...


Estarmos conectados sempre foi um sonho. Só que hoje, vivemoshiperconectados! Para os que precisam realizar tarefas que exigem períodos de foco e de concentração, isso é um pesadelo!


O seu cérebro está viciado na gratificação instantânea que cada olhadinha inofensiva no seu celular proporciona. E esse comportamento não é exclusividade dos brasileiros e brasileiras, ele se repete também em todo o mundo.


Se você quer estudar para uma prova concorrida - como um concurso público, vestibular ou Enem - o primeiro passo é tomar consciência do tanto de tempo perdido nessas interações.


Sim, chega de desculpas!


Avalie com sinceridade como está a sua relação com este inofensivo (#sqn)* aparelho de comunicação. Há diversos aplicativos que calculam o tempo de exposição às redes sociais e aos sites. Faça o teste agora!


Consciente do tanto de tempo que perde com a telinha do seu celular, vamos ao segundo passo:


- Diminua esse vício!


Tudo bem, sei que a palavra vício pode até ser pesada, mas é real para quase metade da nossa população.


Você quer a aprovação em uma prova importante?


Acredita que ter momentos de estudo focado vão ajudar a mudar de vida?


Manter a concentração vai permitir que você realize seus sonhos?


Convido a começar a pensar na possibilidade de umDetoxDigital.


Mas, esse assunto será para os próximos textos.


Até lá, siga minhas redes sociais. Mas, consuma com parcimônia, ok? ;) **


INSTAGRAM


FACEBOOK


* #sqn =Hashtag“Só Que Não” – expressão utilizada por usuários de redes sociais quando escrevem algo que gostariam de dizer exatamente o contrário.


** ;) =Emoticons– Forma de expressar emoções humanas por meio de caracteres. O ponto e vírgula com os parênteses expressam um sorriso maroto.


Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna. As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.
Ver todos os colunistas
Logo A Tribuna