EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

19 de Julho de 2019

Aqui nasce o Velho Chico

Rio tem sua nascente no Parque Nacional da Serra da Canastra, ainda repleto de cachoeiras

Nem só de queijo e relax vive a Serra da Canastra. Há espaço também para uma boa aventura, sobretudo para quem gosta de um delicioso banho de cachoeira e de rio. Afinal, São Roque de Minas também se destaca por abrigar a maior parte do Parque Nacional da Serra da Canastra.

O parque é um dos mais importantes do país e foi criado em 1972 para preservar a nascente histórica do Rio São Francisco, chamado carinhosamente de Velho Chico pelos mineiros. Chegar até o local requer espírito de aventura e um veículo com tração 4x4, que possa desbravar as estradas sinuosas até a nascente.

Chegando lá, às margens do São Francisco, é impossível não se emocionar ao ver nascer um dos gigantes brasileiros. A água, que de primeiro momento parece ser vermelha por causa das pedras, surpreende pela transparência, ao fundo.

Ali, é possível ver e até tocar nos diversos peixes que nadam despretensiosamente por suas águas. O Velho Chico desbrava cinco estados brasileiros e 521 municípios. Sua extensão, medida a partir da nascente histórica, em São Roque de Minas, é de 2.814 quilômetros.

Já a primeira grande cachoeira do Parque Nacional é a Casca d’Anta, com 186 metros de queda livre – considerada a sexta maior do País e a maior do São Francisco. Seu nome vem da árvore Casca D’Anta, que tem essa denominação porque, por ter propriedades medicinais cicatrizantes, a anta se esfrega em seu tronco para curar ferimentos superficiais.

Chegar até lá, assim como à nascente, também não é tarefa fácil. É preciso percorrer um dos três acessos disponíveis. No nosso caso, foi por meio de uma portaria instalada em São Roque de Minas, a oito quilômetros de distância da cidade.

Vale ainda percorrer as deslumbrantes estradinhas de terra e explorar as cachoeiras do Fundão ou Gameleira, com 90 metros de altura, formando um um poço onde pode-se nadar com cuidado.

Outra que merece uma visita é a Cachoeira do Cerradão. Com 15 minutos de caminhada leve, o visitante alcança a piscina formada pela primeira das três quedas. Neste local, o visitante tem direito até a uma hidro natural.

Já para acessar a Cachoeira da Parida, é preciso atravessar o parque. Além de a paisagem ser linda, o local é um dos menos visitados. Outras duas opções de passeios imperdíveis são o Complexo de Cachoeiras do Capão Forro e a Chinela.